Biotina - Now Foods (1,000mcg - 100 caps)
Cód.: 95190311

Biotina - Now Foods (1,000mcg - 100 caps)

(Cód.: 95190311)
mais informações
conheça nossa política de trocas e devoluções
R$129,00 à vista
R$129,00 no boleto
Outras formas de pagamento

Outras formas de pagamento

  • Cartão de Crédito
  • Boleto Bancário

R$129,00 no boleto com % de desconto

O boleto será gerado após a finalização de sua compra. Imprima e pague no banco ou pague pela internet utilizando o código de barras do boleto.


Disponível: Em estoque

+ -
Calcule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região
Visão Geral

Detalhes

A biotina é conhecida também por ser a vitamina B7. Ela é considerada uma vitamina essencial no organismo, e atua como coenzima do metabolismo de carboidratos e de purinas.

Ela serve para uma série de indicações, desde a saúde até a estética.

O organismo humano só consegue ter contato com a biotina por meio das bactérias do intestino e de fontes externas, como é o caso da alimentação.

Da mesma forma, porém, você pode encontrar a vitamina B7 em forma de suplementação.

Para que serve a Biotina?

A biotina, portanto, faz parte do grupo das vitaminas do complexo B, por ser a vitamina B7 – aliás, já foi conhecida também como vitamina H.

Ela tem a característica de ser hidrossolúvel e de não ser sintetizada pelo corpo humano.

No entanto, há duas formas de conseguir alcançar os níveis adequados de biotina. O primeiro deles é por meio das bactérias presentes naturalmente no intestino.

Elas são necessárias para o funcionamento do sistema intestinal e têm benefícios quando em presentes em quantidades normais. Uma das funções destas bactérias é, portanto, produzir a biotina.

O problema é que, mesmo que a produzam, as bactérias não conseguem grandes níveis de biotina.

Por isso, é necessário complementar a produção de vitamina B7 com a alimentação, ingerindo alimentos que a contenham ou suplementos.

Com relação à comida, algumas leguminosas e cereais a possuem.

São exemplos a cenoura, o amendoim, a lentilha, o farelo de arroz, a aveia, as sementes de abóbora, a cevada, a ervilha e a noz.

Cada um contém em diferentes dosagens, e exigem, como resultado, diferentes quantidades na alimentação.

A vantagem dos suplementos alimentares, diante disso, é que já provêm a biotina nos níveis necessários.

Dito isso, qual será a funcionalidade desta vitamina no organismo humano? Para que serve a biotina e para que devemos tomá-la?

A grande serventia dela, na verdade, é a sua atuação na pele e nos cabelos, garantindo que fiquem em bom estado.

Portanto, é uma vitamina mais voltada para a estética, até onde se sabe atualmente.

Ainda assim, novos estudos têm sido conduzidos. Alguns já demonstram a importância da biotina no metabolismo de gorduras, proteínas e carboidratos; outros, ainda têm estudado sua importância no combate e no controle da diabetes.

Como funciona

A ação da biotina ocorre, em especial, como uma coenzima de purinas e de carboidratos.

Dessa maneira é que ela age no corpo humano, sobretudo a partir do intestino, onde é produzida pelas bactérias ou adquirida pelos suplementos alimentares.

Esta vitamina B7 atua como um cofator da produção de uma enzima chamada piruvato carboxilase.

Nesta reação química, ela capta uma molécula de CO2, num processo de gliconeogênese, e transfere esta molécula para uma de piruvato, o que resulta num oxaloacetato.

Além disso, outro fator importante da função e da atuação da biotina no corpo é a sua interação com outros nutrientes.

Isto porque ela é capaz não só de funcionar sozinha, como também de agir sobre esses outros, o que traz um efeito adicional.

A biotina, ou vitamina B7, como já vimos, é integrada aos outros nutrientes ingeridos na alimentação (vitaminas e minerais).

Juntamente com eles, ela se transforma no corpo, tendo processos químicos como o da gliconeogênese, já falado.

Ou seja, isto significa que a biotina não deve ser consumida sozinha. Ela tem seu efeito quando em contato com outras vitaminas e minerais.

Então, é necessário que você foque em ter toda uma alimentação balanceada, e não apenas rica em vitamina B7.

6 Benefícios da Biotina

Como vimos, é necessário ter uma alimentação balanceada para potencializar os efeitos da biotina.

Uma vez que você tenha falta deste nutriente, deve incorporá-lo à sua dieta por meio da alimentação ou da suplementação. Então terá uma melhora nestes fatores:

1. Trata unhas frágeis

Em primeiro lugar, vale destacar o papel da biotina contra as unhas frágeis. Pelo seu processo metabólico e de atuação celular, esta vitamina pode promover ganhos no fortalecimento destes tecidos, tornando-os menos quebradiços e mais fortes.

2. Contra a deficiência de biotinidiase (DB)

A deficiência de biotinidiase consiste em um erro do metabolismo que só pode ser corrigido com a suplementação.

Neste caso, o corpo humano simplesmente não produz uma enzima, a biotinidiase. Então, ingerir a biotina é necessário para toda a vida para corrigir o problema.

3. Trata o cabelo

Se você sofre com quedas de cabelos ou com algum outro mal, então a biotina pode ajudar na reconstrução deles. Ela age da mesma forma que nos tecidos das unhas, melhorando o fortalecimento e, neste caso, a hidratação.

4. Auxilia na absorção de nutrientes

É importante que o seu corpo tenha uma boa absorção de todos os nutrientes que você necessita.

Um ponto positivo da biotina é que ela faz com que outras vitaminas e minerais sejam absorvidos mais facilmente no corpo, evitando que eles fiquem em insuficiência e causem problemas.

5. Auxiliar na luta contra a diabetes

Este último benefício ainda está em estudo. Ele se baseia no fato de a biotina ser um atuante no metabolismo dos carboidratos, algo que poderia ser de particular interesse para pacientes diabéticos.

6. Previne dermatites

Problemas na pele, como a escamação e até a dermatite seborreica em crianças podem acontecer pela falta de biotina. Portanto, uma suplementação de vitamina B7 pode ser necessária.

Sugestão de como tomar a Biotina

Existem exames que diagnosticam o nível de vitaminas no seu sangue, inclusive no caso da biotina.

Se o médico identificar que ela está em falta, ou se você apresentar algum dos sintomas que demonstram que ela está em deficiência, então pode ser recomendado o uso de suplementos.

Vale constatar que esta suplementação é feita na dosagem ideal para você, para que não haja dependência do consumo pela alimentação – que muitas vezes fica abaixo do ideal. Assim, não há com o que se preocupar.

Cada médico ou nutricionista receita uma dosagem de biotina que seja ideal para cada paciente.

Contudo, existem formas padronizadas de como tomar a vitamina B7. Veja:

  1. Tome uma cápsula por dia, de preferência junto com alguma de suas refeições
  2. Basta tomar a biotina acompanhada de água

Considere realizar, também, suplementação de outras vitaminas e minerais junto, se o médico indicar a necessidade

Após aberto, armazene em local fresco e seco

Efeitos colaterais da Biotina

A biotina é um nutriente que está em contato com nosso organismo naturalmente.

Com o passar do tempo, estudos tentaram demonstrar se ela poderia fazer mal em algum grau no organismo.

Estas pesquisas demonstram que não há efeitos colaterais conhecidos até o momento à biotina.

Pelo contrário, sabe-se que ela é problemática e pode produzir efeitos adversos quando está em situação de deficiência no corpo.

Ainda assim, é importante seguir as recomendações médicas e tomá-la nas doses indicadas.

Mesmo que não sejam conhecidos efeitos colaterais, ela não tem efeitos positivos acima da dosagem máxima, o que significa que você estará tomando mais à toa.

Contraindicação

A única contraindicação conhecida à biotina é no caso de haver algum tipo de hipersensibilidade na fórmula ao paciente.

Fora isso, ela é permitida para qualquer tipo de pessoas que desejam tomá-la.

É importante ressaltar, porém, que se você for grávida, lactante, idoso ou portador de doença crônica, é sempre bom consultar seu médico antes de iniciar o uso de qualquer medicamento ou suplemento. Faça isso, portanto.

Avaliações
Este produto ainda não tem comentários.