Picolinato de Cromo - Now Foods (100 Cápsulas)
Cód.: 451451113216

Picolinato de Cromo - Now Foods (100 Cápsulas)

(Cód.: 451451113216)

Auxiliar no tratamento de diabetes tipo 2, o Picolinato de Cromo ainda pode ajudar na queima de gordura, diminuir o colesterol ruim e trazer mais disposição para o dia a dia inclusive nos treinos. Veja agora todas as vantagens de consumir esse suplemento.

mais informações
conheça nossa política de trocas e devoluções
R$120,00 à vista
R$120,00 no boleto
Outras formas de pagamento

Outras formas de pagamento

  • Cartão de Crédito
  • Boleto Bancário

R$120,00 no boleto com % de desconto

O boleto será gerado após a finalização de sua compra. Imprima e pague no banco ou pague pela internet utilizando o código de barras do boleto.


Disponível: Em estoque

+ -
Calcule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região
Visão Geral

Detalhes

O picolinato de cromo é um suplemento alimentar que aumenta os níveis do mineral cromo no organismo.

Este mineral é essencial para algumas funções biológicas, e atua particularmente no metabolismo.

Entre os principais grupos que utilizam essa suplementação, estão as pessoas que desejam perder peso e os pacientes que procuram um tratamento auxiliar para a diabetes tipo 2.

Se você quer saber mais sobre o picolinato de cromo, leia até o final!

Para que serve o Picolinato de Cromo?

O picolinato de cromo é um composto orgânico cuja fórmula química é CrPic3. Na forma de suplemento nutricional, ele atua como uma fonte de cromo, um elemento químico essencial que tem funções biológicas no organismo humano.

Este mineral, por exemplo, é um cofator de insulina. Isso significa que ele atua no metabolismo, regulando os níveis de glicose e de carboidratos, além de mediar o uso de gorduras e de proteínas.

Com base nisso, pode ser dito que o picolinato de cromo serve, em especial, para ajudar no controle da diabetes tipo 2 e também para promover a perda de peso.

Além disso, no entanto, ele pode ter outras funções importantes, em particular no sistema cardiovascular.

Vale ressaltar que este suplemento não se propõe a curar nenhuma doença, nem mesmo a ser a única fonte de tratamento. Isto depende da prescrição médica.

No caso da diabetes, ele pode atuar como auxiliar, melhorando o controle sobre a doença e o bem-estar do paciente.

Com relação à diminuição do peso, por certo, o produto também não realiza milagres, embora de fato ajude.

Por tornar o metabolismo mais acelerado, ele facilita a queima dos estoques de gordura no corpo.

O emagrecimento é, então, feito com maior eficácia se a dieta for adaptada e se você realizar exercícios com uma periodicidade regular.

Picolinato funciona mesmo?

O picolinato de cromo é um fator de tolerância à glicose por ser, como dito acima, um cofator de insulina.

Se você tiver um baixo índice de cromo no organismo, terá distúrbios provenientes da intolerância do seu corpo à insulina.

Os estudos feitos até hoje indicam a sua importância exatamente por este fator ligado à glicose.

Ele é vital para o funcionamento das células, devendo ser suplementado caso esteja em carência.

O que, de fato, se sabe é que ele atua na síntese proteica e na produção de glicogênio, ao estimular uma maior ação da insulina e ao estimular, também, uma maior captação de glicose para as células. Por isso resulta mexe com o metabolismo.

9 Benefícios do Picolinato de Cromo

Conforme o dito até aqui, existem benefícios do picolinato de cromo que são fundamentais para o corpo.

Este é um mineral com um papel biológico importante, sem o qual não o corpo humano não funciona bem.

Veja as vantagens que ele traz ao corpo:

1. Auxilia no tratamento de diabetes tipo 2

O picolinato de cromo auxilia no controle da glicose no sangue, ajudando a diminuir a resistência insulínica.

Ele auxilia a evitar que existam picos dela na corrente sanguínea, exatamente o que os diabéticos devem evitar.

Ainda assim, diabéticos devem conversar com o médico antes de começar o uso desta substância. Isto porque ela pode interferir nos remédios que você toma, ao potencializar o efeito deles.

2. Potencializa a queima de gorduras

Mais um efeito do picolinato de cromo é facilmente visto por conta de sua ação no metabolismo.

Ao promover a aceleração metabólica, ele faz com que o corpo passe a utilizar a reserva energética do corpo, normalmente acumulada na forma de gordura – especialmente no abdômen.

3. Melhora o quadro psicológico

Outro fator que é associado ao aumento de cromo no organismo, é a diminuição de alguns quadros de alteração psicológica. Sobretudo em relação à ansiedade, que o picolinato de cromo demonstra reduzir.

4. Diminui o cansaço

Após um dia estressante, como é o da rotina da maioria das pessoas, é comum, além de tudo, vir o cansaço. Pois a ação de picolinato de cromo auxilia a prevenir esses quadros de fadiga.

5. Evita problemas de crescimento

Embora não se saiba bem o porquê, o picolinato de cromo está relacionado a hormônios importantes no crescimento.

Por este motivo, quando o mineral está ausente no organismo, a pessoa tende a ter problemas relacionados ao seu crescimento.

6. Diminui o colesterol

Ter o colesterol ruim alto (o LDL) é um problema, uma vez que isso pode resultar em enfermidades.

Uma boa alimentação, que contenha picolinato de cromo, é essencial para não ter este tipo de problemas.

7. Protege o sistema cardiovascular

Outra ação importante deste mineral no corpo humano é o de fortalecer o coração e as artérias. Com isso, ele previne contra doenças cardiovasculares.

8. Proporciona o aumento de massa magra

Embora não seja a função mais conhecida do picolinato de cromo na forma de suplemento, ele também potencializa o aumento de massa magra. Isso porque estimula a produção dos hormônios relacionados ao crescimento e reduz a fadiga, como já dito.

Como consequência, o seu corpo tem, nas células musculares, um estímulo hormonal maior à hipertrofia.

De modo complementar, também se regenera mais facilmente, evitando o cansaço, o inchaço e até mesmo as dores musculares.

9. Combate a compulsão alimentar

Um problema ocasionado pela ansiedade, somado ainda mais pela fome, é o da compulsão alimentar.

O picolinato de cromo age no organismo melhorando a resposta contra esses dois fatores, o que proporciona menos oportunidades de gatilhos para cair em compulsão e estragar a sua dieta.

Como tomar Picolinato de Cromo

O picolinato de cromo da Now Foods já vem na dose certa, aquela que é a mais comumente indicada por médicos e nutricionistas que prescrevem aos seus pacientes.

Dessa forma, para tomar o produto, basta seguir as seguintes orientações:

Tome apenas uma cápsula diariamente (a qual contém 200 mcg de picolinato de cromo)

  • Basta ingerir junto com um copo de água;
  • Não precisa ser tomado em jejum.

Tome a qualquer hora do dia, mas tente fazer isto sempre no mesmo horário, dessa forma você não irá se esquecer e nem pular um dia, o que diminuiria os efeitos do suplemento

Só tome numa dosagem distinta se assim for recomendado por um profissional especialista, em particular se este for o seu médico ou o seu nutricionista

Efeitos colaterais

O picolinato de cromo, assim como qualquer outra substância, mesmo que natural, traz consigo possíveis efeitos colaterais.

Vale notar que estes efeitos adversos do picolinato de cromo são observados em especial quando ele é consumido numa dosagem superior à recomendada – o que deve ser evitado, portanto.

Se você sentir algum dos sintomas abaixo e relacioná-lo à ingestão do suplemento, suspenda o uso e procure um médico, preferencialmente algum que você já costume consultar.

Veja quais são os principais efeitos colaterais do picolinato de cromo:

  • Problemas na pele;
  • Problemas estomacais (como úlceras gástricas, dispepsias, refluxo, entre outros);
  • Problemas nos rins;
  • Problemas no fígado.

É importante ressaltar que o excesso de cromo no organismo, bem como a falta deste mineral, pode fazer mal à sua saúde.

É por esse motivo que você deve buscar o equilíbrio e suplementar na medida que for necessário ao seu organismo.

Contraindicação

O uso de picolinato de cromo em pacientes grávidas ou em amamentação, em crianças, em idosos, em pacientes portadores de doenças crônicas e em pacientes com doenças metabólicas (inclusive a diabetes) deve ser feito com o acompanhamento de um médico.

Avaliações
Este produto ainda não tem comentários.