Escreva para pesquisar...

Saúde

Para que serve o Resveratrol? 5 Benefícios e Como tomar

O resveratrol faz parte dos chamados polifenóis, os quais são conhecidos por trazerem benefícios à saúde humana. Outros exemplos de polifenóis são as flavonas, os taninos e os ácidos fenólicos.

No caso do resveratrol, porém, o benefício ao organismo é bastante amplo. Estudos indicam que ele é bom para o colesterol, para o fígado, para o sistema cardiovascular e até mesmo para evitar certos tipos de câncer. Veja tudo sobre esse polifenol logo abaixo e onde encontrar de forma fácil.

O que é Resveratrol?

resveratrol para que serveA descoberta do resveratrol foi feita numa universidade brasileira, a PUCRS.

Percebeu-se lá que esta substância era presente em alguns alimentos, sobretudo nas uvas e nos alimentos feitos a partir delas, como é o caso do vinho tinto. Além disso, observou-se também que o resveratrol existe nas cascas de amendoim.

De modo geral, observou-se que as uvas e os vinhos de cor mais intensa possuem um índice maior desta substância. Este polifenol está presente sobretudo nas sementes e na casca da fruta.

Para que serve o Resveratrol?

A partir da descoberta dos benefícios do resveratrol, estuda-se para o que ele serve. Então, começaram a surgir até mesmo compostos encontrados em farmácias que são produzidos a partir deste polifenol.

Isto porque ele traz vantagens à saúde, em particular por conta de seu potencial antioxidante. Isso faz com que seja indicado para diminuir o estresse, combater doenças cardiovasculares e até mesmo evitar o envelhecimento precoce.

Composição

A composição do resveratrol é, exatamente, fundamentada nesta mesma propriedade, que já classificamos como um polifenol.

Conforme dito anteriormente, ele se destaca por sua capacidade antioxidante, trazendo benefícios ao organismo.

Em farmácias de manipulação, ele pode ser adicionado a outras substâncias, como é comumente.

Via de regra, associa-se o resveratrol a um destes, de acordo com indicação médica:

  • Coenzima Q10
  • Ginseng
  • Fosfatidilcolina
  • Green tea (chá verde)
  • Cúrcuma longa
  • Isoflavonas
  • Biflavonóides em geral

5 Benefícios do Resveratrol

Em função de sua ação antioxidante no organismo, o resveratrol traz diversos benefícios à saúde humana. Eles estão elencados abaixo.

1. Protege a pele

Um dos principais problemas do envelhecimento precoce está relacionado à pele. A exposição excessiva aos raios UV prejudica bastante esta parte do corpo. O resveratrol, porém, preserva a estrutura da pele, deixando-a saudável.

2. Melhora a saúde cognitiva

Outro processo comum é o envelhecimento cerebral, que pode ser visto na forma de doenças como o Alzheimer e demências em geral. A ingestão desta substância também demonstra ter o potencial de proteger o cérebro, evitando este tipo de problema.

3. Combate doenças cardiovasculares

Para a saúde cardiovascular, este polifenol ajuda de duas formas. A primeira delas é regularizando os níveis de colesterol. Na segunda, mantém a flexibilidade das veias e artérias, mantendo a pressão em bons níveis e reduzindo os riscos de hipertensão.

4. Bom para os ossos

Uma outra forma de envelhecimento diz respeito aos ossos, com o aumento da fragilidade deles. O resveratrol protege os ossos contra o seu enfraquecimento, bem como estimula a fixação do cálcio e da vitamina D.

5. Desintoxica

Ao longo do dia, entramos em contato com muitas substâncias nocivas ao organismo, como fumaças e alimentos cheios de conservantes. Outro efeito do resveratrol é auxiliar o fígado na desintoxicação do corpo, eliminando estes componentes prejudiciais.

Indicações do Resveratrol

A indicação de uso do resveratrol é para pacientes que procuram complementar o seu tratamento para alguma das doenças as quais ele faz bem.

Além disso, ele pode ajudar a prevenir algumas enfermidades, fazendo bem à saúde em consumo moderado.

De modo geral, observam-se as seguintes indicações do resveratrol:

  • Regular o colesterol
  • Proteger a saúde cardiovascular
  • Inibir a agregação plaquetária
  • Prevenir alguns tipos de câncer
  • Retardar o envelhecimento

Efeitos colaterais

Os estudos a respeito do resveratrol ainda são muito recentes, de modo que não há informações abundantes sobre tudo que o envolve.

É o caso dos efeitos colaterais, por exemplo. Ainda assim, por se tratar de algo completamente natural, acredita-se que não devem haver muitas reações adversas.

No caso de sentir algum sintoma inesperado após a ingestão de alimentos com resveratrol ou de algum comprimido com a substância, suspenda a medicação e consulte um médico. Este é o caminho mais seguro.

Contraindicações

Alguns grupos de pessoas devem tomar cuidados com a ingestão de resveratrol. Suplementos envolvendo o produto devem ser evitados em caso de:

  • Hipersensibilidade à substância
  • Hipoglicemia
  • Diabetes
  • Gravidez e lactação
  • Antecedente de câncer induzido por estrógenos (como de útero, ovário e mama)

Como tomar o suplemento de Resveratrol?

O resveratrol pode ser consumido diretamente nos alimentos os quais ele está presente. Isto é, nas uvas, nos vinhos e nas cascas de amendoim.

Lembramos que, quanto mais forte for a coloração, a substância estará presente em maior concentração.

Além disso, ela se encontra nas cascas e sementes das uvas, por isso elas também devem ser ingeridas.

De modo complementar, no entanto, há quem manipule resveratrol, muitas vezes combinado a outras substâncias antioxidantes, anti-angiogênicas ou que prezam pela saúde mitocondrial.

Nesses casos, recomenda-se a ingestão  de 30 mg de resveratrol 2 vezes ao dia, sendo consumido um máximo de 60 mg diárias ou de acordo com indicação médica ou de nutricionista.

Compartilhe
Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *