Escreva para pesquisar...

Dicas para Emagrecer

Taxa Metabólica basal: O que é e como interfere no peso

Você sabe o que é metabolismo basal e como ela tem interferência no emagrecimento? Veja tudo sobre a seguir!

Proteínas, vitaminas e minerais estão todos em abundância em sua dieta bem balanceada. Você também não bebe refrigerante, bebe muita água, e vai à academia todos os dias.

Mas apesar de todos os seus esforços, você ainda não sente que está perdendo peso? Seu metabolismo basal pode ser a chave.

Para ajudá-lo você a manter um peso saudável, explicaremos o que é metabolismo basal e como ele interfere no peso, como ela é determinada e porque ela é tão importante.

Vamos lá?

O que é metabolismo basal?

O metabolismo basal que também é chamado de taxa metabólica basal (TMB), e é a quantidade de energia que o corpo necessita para desempenhar suas funções essenciais enquanto está em repouso.

Como resultado, a quantidade de calorias queimadas todos os dias para manter o batimento cardíaco, a pressão arterial, a respiração, a temperatura corporal e outras funções biológicas excluindo o exercício físico, é conhecida como o gasto calórico diário (ou gasto de energia).

Dessa forma, estima-se que o metabolismo basal é responsável por até 70% das calorias que queimamos diariamente.

Por que o metabolismo basal é importante?

O raciocínio por trás disto é simples: ao entender quantas calorias seu corpo gasta diariamente, você pode com a ajuda de profissionais experientes

Aumentar a atividade física enquanto também modifica sua dieta para criar um déficit calórico (ou seja, consumir menos calorias do que você queima).

Aumentar a atividade física enquanto diminui a nutrição a fim de aumentar a massa muscular;

Manter um equilíbrio saudável entre os dois aspectos a fim de manter um peso saudável.

Por fim, vale destacar que o teste de bioimpedância é o método mais preciso para calcular este valor, pois também avalia a composição corporal, indicando as quantidades de água, músculo e gordura presentes.

A taxa metabólica basal é igual para todos?

Genes, hormônios e características individuais como sexo, idade e peso, todos têm um papel na rapidez com que o metabolismo se move.

No caso de duas mulheres da mesma idade, peso e altura, podemos notar que sua redução de peso não foi a mesma.

Estilos de vida sedentários, estresse físico e mental, jejum prolongado, dieta desequilibrada e instabilidade hormonal podem todos retardar o metabolismo. Como observamos anteriormente, o componente genético também é um fator na situação.

Além disso, à medida que envelhecemos, nosso metabolismo também desacelera.

Além da perda de massa muscular que ocorre à medida que envelhecemos, há também um declínio constante na atividade celular.

Dessa forma, as mulheres, cujas taxas metabólicas são tipicamente inferiores às dos homens, são mais propensas do que os homens a passar por todo este processo natural.

Como “acelerar” o metabolismo basal

Ao contrário dos maus comportamentos, que podem fazer com que o metabolismo basal se torne lento, hábitos equilibrados podem ter o efeito oposto no metabolismo basal.

Confira estas sugestões para manter seu corpo em bom estado de funcionamento:

1. Recomenda-se fazer exercícios em intervalos

Quando se trata de exercício, o treinamento em intervalos refere-se ao processo de alternância entre exercícios com intensidades muito altas (até 90% da frequência cardíaca máxima) e intensidades baixas a médias (não ultrapassando 70% da frequência cardíaca máxima) por um total de 30 minutos.

Este exercício faz com que o corpo continue queimando calorias por até uma hora após a atividade, o que eleva o metabolismo e ajuda na perda de peso, aumentando o metabolismo. Clique aqui para conhecer mais sobre esse método de treino intervalado, o HIIT.

2. Não fique parado!

Há várias preocupações de saúde associadas a ficar sentado por longos períodos de tempo, mas é fácil diminuir estes riscos mudando sua rotina de trabalho. Uma atividade termogênica é algo como andar com suas pernas no ar.

De acordo com pesquisas, esta forma de atividade pode ajudá-lo a queimar até 350 calorias a mais em um único dia.

Levantar-se para ir ao banheiro, subir escadas, esticar as pernas, conversar ao celular em pé… todas essas atividades podem permitir que você aumente um pouco mais a taxa de seu metabolismo de forma consistente.

3. Controle o estresse

A princípio em razão do estresse, o corpo segrega altos níveis de cortisol, um hormônio que promove o armazenamento da gordura do ventre e aumenta o apetite.

De acordo com estudos recentes, os dias que são estressantes fazem com que o metabolismo abrande.

Como resultado, aprender a controlar seus nervos pode ajudar você a perder peso, assim como viver uma vida mais saudável em geral.

4. Tenha uma boa noite de sono

Uma boa noite de sono é inquestionavelmente benéfica para uma variedade de enfermidades.

Além disso, quando há uma má noite de sono tem demonstrado interferir com a produção de muitos hormônios.

Quando você não dorme pelo menos oito horas por noite, isso tem um impacto na produção de hormônios, como o cortisol, que é um hormônio que promove o acúmulo de gordura abdominal.

Este artigo sobre metabolismo basal foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta e compartilhe!

Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também:

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *