fbpx

Escreva para pesquisar...

Dicas de Treinos Dicas para Emagrecer

Treino aeróbico e Musculação: qual realizar primeiro?

Nesse artigo respondemos através dos estudos, uma dúvida muito comum dos nossos leitores: Fazer aeróbico antes ou depois do treino de musculação?

aeróbico antes ou depois da musculaçãoO treinamento aeróbico é muito utilizado para perda de peso e emagrecimento, porém também possui diversos benefícios que contribuem para a saúde e qualidade de vida como a prevenção a patologias como  a hipertensão.

Caminhadas e corridas são benéficas quando não se tem alguma restrição à atividade e o correto planejamento do treino pode promover resultados ainda mais satisfatórios.

No treino aeróbico continuo a principal via energética utilizada é a oxidativa, caracterizada pela presença do oxigênio na oxidação da glicose e ácidos graxos para a produção de energia.

O treinamento resistido (musculação) é caracterizado por contrações musculares voluntarias contra uma resistência, podendo ser pesos soltos, máquinas ou o próprio peso corporal.

Na musculação as principais vias energéticas são a ATP-CP e glicolítica caracterizadas como anaeróbicas tendo como produto o ácido lático. (BACURAU, 2009).

Os dois tipos de treino utilizam vias energéticas diferentes e sua combinação em uma mesma sessão de treino é chamada de treinamento concorrente.

Dessa forma são discutidos na ciência os possíveis efeitos do treinamento concorrente no desempenho das pessoas com o objetivo de conhecer melhor a maneira mais correta de prescrever o treinamento.

Porém ao combinar o treino de força com o aeróbico surge a dúvida, do que realizar primeiro, o aeróbico ou a musculação? Dessa forma este artigo busca responder a este questionamento muito comum a aqueles que praticam exercícios físicos.

Quando realizar o aeróbico antes da musculação?

Melhora do condicionamento físico

Muitas pessoas recorrem às academias com o objetivo de treinar para melhorar o condicionamento físico, seja procurando uma melhor qualidade de vida, assim como também aqueles que procuram uma resistência maior para aeróbicos de maior duração como corrida ou maratonas.

Por muitas ocasiões estas pessoas têm certo preconceito com a musculação por achar que esta só serve para quem procura a hipertrofia muscular.

Porém a musculação também é importante para as pessoas que queiram manter um bom condicionamento físico e melhorar seu desempenho no aeróbico de longa duração.

Segundo os estudos de Mikkola et.al.(2011) os indivíduos que realizam o treino aeróbico junto com a musculação obtém um maior rendimento nas corridas, além de aumentar a resistência muscular.

Dessa forma quem busca melhorar somente a resistência muscular ou o seu condicionamento cardiorrespiratório, a atividade aeróbica deve ser realizada primeiro para poder obter uma intensidade mais alta neste treino. E depois complementar o treino com a musculação.

Quando realizar o aeróbico após a musculação?

Hipertrofia

Existe a idéia para aqueles que buscam o aumento de volume muscular e o ganho de força de que utilizar o treino aeróbico junto com o treino de musculação pode resultar em prejuízos para seus resultados.

Segundo a pesquisa de Wilson (2012) onde foram pesquisados os possíveis efeitos da combinação do treino de força com o aeróbico foram constatados os seguintes resultados:

Indivíduos que utilizaram somente o treino de força tiveram maiores ganhos em termos de força, potência e massa muscular.

Aqueles que realizaram o treino concorrente tiveram bons níveis de ganho de força, potência e massa muscular, porém menor do que aqueles que realizaram apenas o treinamento resistido.

As pessoas que realizaram apenas o aeróbico os menores níveis de hipertrofia.

Também foi constatado que quanto maior a o volume do treino aeróbico maior a sua interferência nas adaptações fisiológicas provenientes do treino de força.

Porém vale ressaltar a necessidade de utilizar o treino aeróbico com o objetivo de manter um condicionamento físico satisfatório, assim como também a saúde do coração.

Para não atrapalhar os resultados no ganho de força, potência e massa muscular, é necessário realizar a musculação antes do treino aeróbico sempre prestando atenção a variáveis como volume, intensidade e freqüência do treino cardiovascular.

O treino de força deve vir primeiro que o treino aeróbico, para poder contar com maiores níveis de energia e dessa forma poder de maneira mais intensa e gerar melhores resultados m termos de força e hipertrofia.

Diminuição de percentual de gordura

Muitas pessoas frequentam as academias com o objetivo de perda de peso e emagrecimento, passam longas horas caminhando ou correndo na esteira acreditando que desta forma alcançarão seu sonhado resultado.

A musculação é muito importante para a manutenção da massa muscular e manutenção da força durante o processo em que se realiza uma dieta hipocalórica sem contar outros benefícios para a saúde do praticante.

No estudo de Wilson et.al.(2012) também foram comparados os efeitos do treinamento de força, concorrente e aeróbico no processo de emagrecimento.

Como resultado foi constatado que o treinamento concorrente (musculação e aeróbico na mesma sessão de treino) é superior do que somente realizar o treino de musculação e o aeróbico sozinhos para baixar o percentual de gordura.

Porém é necessário também estar atento, que por estar em uma dieta com restrição calórica é preciso ter cuidado de não realizar nem o treino aeróbico, assim como a musculação em um volume muito alto para evitar o catabolismo muscular.

Concluindo

O treino aeróbico é importante para a saúde e qualidade de vida, proporcionando uma melhor capacidade cardiovascular e servindo como forma de se manter mais saudável.

A musculação também oferece melhora na qualidade de vida por meio do fortalecimento muscular, auxiliando na prevenção de lesões e melhora na capacidade funcional, assim como no rendimento esportivo.

Tanto o treino aeróbico, como a musculação são importantes para a saúde e qualidade de vida, porém a ordem de realização de cada um em uma sessão de treino dependerá do objetivo da pessoa a ser treinada.

O acompanhamento do profissional de Educação Física é muito importante para avaliar diversas variáveis como volume, intensidade e freqüência adequados para cada pessoa, tornando o treino mais efetivo e seguro.

Dessa forma é indispensável a orientação de um profissional capacitado, pensando sempre na qualidade de vida e saúde de cada um.

Bons treinos!

Referências:
BACURAU et.al. Hipertrofia hiperplasia. 3ª Ed;São Paulo,2009.
MIKKOLA et.al. Effect of resistance training regimens on treadmill running and neuromuscular performance in recreational endurance runners. J Sports Sci. 2011.
WILSON et.al. Concurrent training: a meta-analysis examining interference of aerobic and resistance exercises. J Strength Cond Res. 2012


Veja também nossos artigos mais acessados:

Whey Protein – Você precisa ler isso!

BCAA – Para que serve e benefícios

Creatina – Qual a melhor? Veja lista

Termogênico – Saiba tudo!

Tribulus Terrestris – Veja 10 Benefícios [REVELADOS]

L Carnitina Emagrece? Funciona mesmo? [ATUALIZADO]

Melatonina – O que é, para que serve [ATUALIZADO]

ZMA – O que é e para que serve [TUDO REVELADO]

Glutamina – O que é e para que serve [Veja 11 Benefícios]

Suplementos Alimentares: O que são e para que servem

Orlistat – O que é e para que serve [ATUALIZADO]

Treino de Musculação para Hipertrofia – [21 DICAS]

Maca Peruana: O que é, Para que Serve, Benefícios e Como tomar


Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *