A coenzima Q10 é uma enzima (proteína) produzida naturalmente no organismo, mas que pode ser usada como suplemento alimentar.

maca peruana negra premium

Dessa forma, ela age de maneira parecida com uma vitamina, por este motivo também é conhecida como vitamina Q10.

Em geral, a coenzima Q10 é responsável por fornecer energia para as células do corpo, em especial para as mitocôndrias.

Ao mesmo tempo que nutre as células, a coenzima Q10 exerce várias atividades antioxidantes. Saiba mais sobre o suplemento no decorrer do artigo, veja como tomar, para quem ela é mais indicada e mais.

Para que serve Coenzima Q10

A principal função da coenzima Q10 é bloquear a ação dos radicais livres nas células, evitando o envelhecimento e a inflamação do organismo.

A maior parte dos radicais livres do corpo é produzida nas mitocôndrias. Por essa razão, a coenzima Q10 tem sido tão usada.

Ela transforma os radicais livres em compostos menos nocivos, promovendo o melhor funcionamento dos tecidos e dos órgãos.

Embora esteja presente no corpo todo, a coenzima Q10 atua mais especificamente nos órgãos vitais como coração, cérebro, fígado e rins.

Portanto, ela é um suplemento eficaz na preservação da saúde cardíaca, cerebral, hepática e renal.

Principais Benefícios

1- Melhora o rendimento físico

Usar coenzima Q10 antes dos treinos é uma excelente maneira de aumentar a energia para os músculos durante as atividades.

Nesse sentido, o suplemento possibilita a redução da fadiga, principalmente em treinos de longa duração.

Além disso, a coenzima Q10 faz com que o corpo corra menos risco de lesões e traumas musculoesqueléticos no decorrer do treino.

Omega 3 Grande Atleta Suplementos

Se a intenção é melhorar o condicionamento físico e aumentar a disposição para malhar, correr ou nadar, a coenzima Q10 é umas das melhores opções.

2- Promove a recuperação de cirurgias e traumas clínicos

Após cirurgias e procedimentos clínicos, o aumento de marcadores e citocinas inflamatórias é um acontecimento natural.

No entanto, é importante garantir uma nutrição adequada para a recuperação, evitando declínio na imunidade e o surgimento de complicações.

Para isso, a coenzima Q10 induz uma resposta mais eficaz aos traumas cirúrgicos. Na prática, ela promove uma recuperação mais rápida e deixa o corpo menos suscetível a danos.

3- É eficaz no tratamento da fibromialgia

A fibromialgia é uma doença caracterizada por crises frequentes de dores e fraqueza nos músculos. A doença traz sofrimento e provoca alterações na saúde mental e metabólica do paciente.

No entanto, o uso de coenzima Q10 em pacientes com fibromialgia tem sido uma terapia eficiente. A maior parte das pesquisas revelam que o suplemento diminui a frequência das dores e melhora sintomas como ansiedade e depressão.

Todavia, o cansaço matinal que acomete grande parte dos pacientes com fibromialgia pode ser reduzido em virtude da energia promovida pelo suplemento.

4- Aumenta a imunidade

A coenzima Q10 é um suplemento com uma  propriedade antioxidante muito grande, por isso  consegue melhorar a absorção de vitamina C e vitamina E.

Essas duas vitaminas estão diretamente relacionadas ao sistema imunológico, desempenhando papel crucial contra o envelhecimento e a degradação celular.

Dessa maneira, a coenzima Q10 causa uma melhora significativa na atuação das defesas do organismo, principalmente por garantir a absorção de vitaminas.

5- Auxilia no emagrecimento

A coenzima Q10 é uma molécula lipossolúvel, ou seja, precisa de gordura para ser digerida e absorvida.

Na prática, ela utiliza o estoque de gordura do corpo em seu favor, o que pode promover o emagrecimento saudável.

No entanto, para utilizar coenzima Q10 para emagrecer é necessário ter uma alimentação equilibrada em calorias e evitar o abuso de alimentos gordurosos.

6- Combate a enxaqueca

De acordo com algumas pesquisas científicas, o uso de Coenzima Q10 no tratamento para enxaqueca crônica é uma boa estratégia.

A ação terapêutica do suplemento consegue reduzir a duração da dor e evitar novos episódios. Além disso, a coenzima Q10 é mais vantajosa que os remédios convencionais, principalmente porque não produz efeitos colaterais.

7- Previne doenças cardíacas

Pacientes com algum problema no funcionamento do coração têm um nível mais baixo de coenzima Q10 no miocárdio.

Por este motivo, a suplementação é eficaz na melhora do funcionamento do músculo cardíaco e combate a ação dos radicais livres, que é fundamental para prevenir doenças como infarto ou falhas no bombeamento sanguíneo.

Como tomar Coenzima Q10?

A suplementação de coenzima Q10 é fácil e não tem segredos. O suplemento deve ser ingerido diariamente por um período mínimo de 30 dias e a dose mais comum é de 100mg ao dia ou conforme orientação profissional.

Coenzima Q10 em cápsula

As cápsulas estão disponíveis em embalagens de Coenzima Q10 100 mg, 150 mg ou 200 mg. Contudo, é aconselhável tomar no mínimo 100 mg por dia.

Sendo assim, tome 1 cápsula de 100 mg de coenzima Q10 junto de um copo de água ou suco natural de frutas.

Para tratamento da fibromialgia, fortalecimento do sistema cardíaco ou enxaqueca, considere tomar 2 cápsulas de 100 mg/dia ou 1 cápsula de 200 mg/dia .

Coenzima Q10 líquida

Com a ajuda do gotejador, dilua 5 gotas do suplemento em 150 ml de água ou suco de frutas, 2 vezes ao dia e tome em seguida.

É importante saber que a superdosagem de Q10 pode trazer efeitos colaterais, por isso deve ser evitada. O valor máximo permitido por dia é 400 mg ou 15 gotas, com devido acompanhamento médico ou nutricional.

Qual o melhor horário para a suplementação?

O melhor horário para tomar coenzima Q10 é junto as principais refeições (almoço ou jantar) ou logo após a refeição. Esta recomendação se deve ao fato da substância precisar da ajuda de gordura, no caso da alimentação, para ser absorvida.

Contudo, se a intenção for prevenir a fadiga ou melhorar o condicionamento físico, as cápsulas podem  ser ingeridas 30 minutos antes do treino, junto de algum alimento fonte de gordura como abacate, castanhas, linhaça ou iogurte integral.

Pode usar coenzima Q10 com outros suplementos?

Sim, a coenzima Q10 pode ser usada junta de outros suplementos como vitamina E, vitamina C, colágeno hidrolisado, ômega 3 ou Whey Protein.

Neste caso, os efeitos antioxidantes do suplemento são ainda mais potentes. Em praticantes de musculação, a coenzima Q10 junto de algum suplemento de proteínas e aminoácidos como a creatina monohidratrada, promovem um aumento mais eficaz dos músculos, ao mesmo tempo que evita a fadiga.

Já a coenzima 10 com ômega-3 reduz as taxas de colesterol sanguíneo, melhora a cognição e diminui o risco de doenças cardíacas.

No entanto, é preciso a orientação de um profissional para uma suplementação conjunta segura e sem excessos.

Quem pode tomar coenzima Q10?

O grupo de pessoas para quem a coenzima Q10 é mais indicada são:

  • Praticantes de atividades físicas
  • Pacientes com fibromialgia
  • Pessoas com predisposição para doenças cardíacas
  • Pacientes que querem emagrecer
  • Quem sofre de enxaqueca crônica
  • Pessoas que querem melhorar a saúde estética e prevenir os efeitos do envelhecimento

Contraindicações

O suplemento não deve ser usado por pessoas que apresentam hipoglicemia, já que pode baixar as taxas de glicose no sangue.

Além disso, deve ser evitada por pacientes com problemas no fígado, pois aumenta o risco de intoxicação. Já as mulheres gestantes e lactantes podem tomar coenzima Q10 apenas sob indicação médica.

Coenzima Q10 faz mal para os rins?

Ainda não há evidências sólidas que indiquem que a Coenzima Q10 (CoQ10) cause danos aos rins quando tomada nas doses recomendadas.

A CoQ10 é um antioxidante natural encontrado no corpo e também é frequentemente usada como suplemento para promover a saúde cardiovascular e energética, quando consumida nas quantidades indicadas, não causa efeitos colaterais.

Precauções e Cuidados no uso

As cápsulas de coenzima Q10 não devem ser tomadas por menores de 18 anos, pois não existem estudos avaliando os efeitos do suplemento nessa parte da população.

Além disso, quem toma varfarina (um anticoagulante), deve consultar um médico antes de começar a tomar o suplemento, pois a coenzima Q10 pode diminuir os efeitos do medicamento.

O mesmo acontece com quem faz uso de anti-hipertensivos ou medicamentos quimioterápicos. Seguindo os cuidados e precauções de uso, a coenzima Q10 é um suplemento seguro e promove uma melhor qualidade de vida para todos aqueles que a utilizam.

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional. CRN9 22289-MG. Atende em consultório particular na cidade de São Lourenço, MG e no Brasil de forma online. Colunista em blogs e sites especializados na área de alimentação, saúde e nutrição.

Deixe um comentário