Escreva para pesquisar...

Suplementos para ganhar Massa Muscular

ZMA: O Que é, Para Que Serve, Como tomar e 7 Benefícios

O ZMA é um suplemento que promete aumentar a produção de testosterona e assim contribuir para o ganho de massa muscular. Veja agora como consumir de forma correta e ter ótimos RESULTADOS e não desperdiçar dinheiro atoa!

Você conhece o suplemento ZMA? Ele é cheio de nutrientes e benefícios para a sua saúde, além de ser um aliado de atletas e amantes de exercícios físicos. Continue lendo o texto e entenda a sua importância!

O que é? Qual a composição do ZMA?

O ZMA é um suplemento alimentar composto de Aspartato Monometionina de Zinco (que abreviado em inglês fica ZMA), vitamina B6 e aspartato de magnésio.

A sua composição média costuma ser de:

  • 30mg de zinco;
  • 450mg de magnésio;
  • e 11mg de vitamina B6.

O aspartato ligado aos elementos serve para potencializar a ação do ZMA no organismo.

Esse combo de substâncias consegue melhorar seu desempenho físico, a recuperação muscular, o metabolismo, a produção hormonal e a redução de fadiga. Seu consumo vem sendo bem aceito entre atletas.

Para que serve o ZMA?

O ZMA serve para diversos objetivos diferentes.

Ele reforça o sistema imunológico, melhora as atividades cardíacas, diminui o tempo de recuperação, auxilia o metabolismo de aminoácidos e possui ação diurética que previne a retenção de líquidos.

Além disso, o ZMA é muito recomendado aos amantes de exercícios físicos e aos atletas.

Afinal, ele possui um efeito que evita o catabolismo (utilização da reserva de massa magra como energia), o que melhora o ganho muscular e aumenta o desempenho durante os treinos.

para que serve e benefícios do ZMA

Quais são seus benefícios do ZMA?

Antes de darmos inicio a todos os benefícios do suplemento ZMA, precisamos explicar melhor a importância do zinco e do magnésio.

Afinal de contas, eles são os principais responsáveis por todas as vantagens à nossa saúde que este produto possui.

O zinco é um mineral responsável por permitir diversos processos bioquímicos, assim como a síntese das proteínas musculares. É por isso que o zinco age tão bem no desenvolvimento muscular.

Assim como o zinco, o magnésio também é um mineral. Ele auxilia na função cardíaca e na hora de levar os neurotransmissores para o funcionamento muscular.

Além disso, o magnésio consegue ajudar a controlar o potássio e o sódio nos tecidos orgânicos.

Vale a pena falar também da vitamina B6 (ou piridoxina, se preferir), que ajuda no metabolismo dos aminoácidos (que são essenciais para as proteínas) e desse modo, contribui para melhorar a estrutura da massa muscular.

Agora que você já sabe um pouco sobre eles, dê uma olhada nos principais benefícios do ZMA:

1 – Zma ajuda na Recuperação do zinco eliminado durante os treinos

Os atletas tendem a perder de 8 a 9% da quantidade diária indicada de zinco, através do suor. Dessa forma, realizar treinos e séries intensas pode gerar uma perda muito grande do mineral, o que pode levar à deficiência de zinco.

Ao consumir o ZMA, você consegue repor os níveis ideais dessa substância tão essencial para a sua forma física.

2 – Diminuição do catabolismo através do ZMA

Como já explicamos, o catabolismo retira da reserva de massa magra (músculos) a energia para suas atividades, o que prejudica todo o seu esforço para conseguir a hipertrofia.

Por isso o ZMA é considerado importante. É dito que o zinco e o magnésio são capazes de diminuir a produção de cortisol (ou hormônio do estresse), que é um dos responsáveis pela quebra dos tecidos dos músculos.

3 – Suplementação de ZMA também pode evitar a deficiência nutricional 

Este é, com certeza, um dos maiores benefícios do ZMA.

Afinal, muitos indivíduos (atletas ou não) não conseguem consumir as quantidades diárias recomendadas de zinco e magnésio e, com isso, acabam sofrendo a deficiência nutricional.

Um dos motivos para esse problema do consumo insuficiente é que as fontes naturais de zinco e de magnésio não estão em alimentos que as pessoas costumam comer todos os dias, em especial quem está em dietas mais específicas.

Por exemplo, o zinco é encontrado no caranguejo, nas ostras, nas carnes de porco e nas vermelhas. Já o magnésio é achado em grãos integrais, peixes e folhas verde-escuras. No entanto, as quantidades presentes não costumam ser tão altas.

O ZMA fornece a dosagem diária ideal e dessa maneira consegue proporcionar um metabolismo saudável, que será capaz de reagir da forma correta aos estímulos das dietas e dos treinos intensos.

4 – O ZMA Auxilia as noites de sono

O magnésio é um dos responsáveis por normalizar e melhorar as fases de sono profundo (chamadas de 3 e 4), que são essenciais para que possamos descansar a mente e o corpo.

O mineral também colabora para a produção de hormônios elementares ao nosso desenvolvimento e saúde.

Inclusive, vale ressaltar que um desses  hormônios que tem sua produção aumentando durante o sono, é o GH (hormônio de crescimento), que é capaz de agir na construção muscular.

5 – Reforça o sistema imunológico com a suplementação de ZMA

Alguns estudos mostraram que consumir suplementos que contêm zinco auxiliam a deixar o sistema imunológico mais forte, assim como diminui as chances de inflamação, obtenção de doenças e o estresse oxidativo, que danifica as células.

A deficiência de zinco pode também prejudicar o tratamento contra resfriados, pois é uma defesa a menos do organismo contra os invasores nocivos.

6 – A suplementação de ZMA pode promover uma possível melhora da produção da testosterona

Em alguns estudos realizados pela própria marca do suplemento ZMA, foi notado que atletas consumindo o suplemento durante 8 semanas mostraram um aumento de 30% nos seus níveis de testosterona em comparação com os que consumiram placebo.

Os atletas da ZMA também conseguiram obter 2,5 vezes a força adquirida pelo grupo do placebo.

No entanto, outras pesquisas não foram tão bem-sucedidas em mostrarem a ligação do zinco com a testosterona. Por isso é importante que existam mais estudos completos para provar tais efeitos.

7 – Controle dos hormônios da tireoide com a ajuda do ZMA

Os hormônios produzidos pela tireoide são essenciais para o funcionamento correto do metabolismo do corpo. Sua deficiência pode prejudicar muito a queima de gorduras e consequentemente a perda de peso.

Algumas pesquisas afirmam que ingerir suplementos com zinco pode controlar as taxas desses hormônios (em atletas ou sedentários).

Também ficou registrado que sua ausência causa problemas relacionados a estas taxas hormonais.

Vale ressaltar que os benefícios aqui citados, são proporcionados pelos componentes isolados encontrados no suplemento (Zinco, Magnésio e Vitamina B6). Ainda não existem estudos suficientes que comprovem a eficiência do ZMA quanto a ingestão das 3 substâncias juntas.

Como tomar o ZMA?

O horário recomendado para se utilizar o suplemento ZMA é ao menos de 30 minutos a 1 hora antes de dormir, porque dessa forma você conseguirá usufruir dos benefícios do magnésio para o seu sono (Veja também os benefícios da Melatonina para o seu sono).

É bastante recomendado que se tome de estômago vazio, pois desse modo a absorção pelo organismo é mais veloz.

Não o consuma junto com suplementos ou alimentos que possuam muito cálcio, pois esse mineral pode atrapalhar a eficiência da absorção do zinco.

Normalmente os homens consomem 3 cápsulas e as mulheres 2. Não deixe de procurar um profissional da saúde para lhe aconselhar nas melhores dosagens indicadas para seus objetivos e necessidades.

ZMA engorda?

como tomar efeitos colaterais e se engorda

O ZMA não engorda porque não contém grandes quantidades de calorias em sua composição como outros suplementos hipercalóricos. Você até ter ganho de peso devido ao aumento de massa muscular, mas engordar com o acúmulo de gordura, não ocorre.

Quais são seus efeitos colaterais do ZMA?

Os efeitos colaterais observados do ZMA têm a ver com o consumo exagerado do suplemento. Por isso é tão importante que você utilize apenas a dosagem necessária, sem ultrapassar a quantidade máxima.

O magnésio em excesso (acima de 450 mg diárias) pode acarretar efeitos como:

  • mal-estar,
  • diarreia,
  • câimbras,
  • vômitos e náuseas.

Já o zinco consumido por muito tempo e com dosagem acima de 60 mg por dia pode levar à baixa imunidade e à falta de cobre.

A vitamina B6 também pode causar problemas sérios se consumida com exageros, principalmente aflições neurológicas.

Quais são as contraindicações?

O ZMA é contraindicado para esses grupos de pessoas:

  • grávida ou amamentando;
  • possuir alguma doença;
  • estiver fazendo uso de medicamento controlado;
  • for maior de 65 anos ou menor de 18;
  • alérgicos algum componente da fórmula.

O indicado sempre, é que procure um médico antes de consumir qualquer suplemento.

Assim será possível se certificar de que ele é permitido e adequado às suas necessidades.

Para finalizar, o ZMA também é contraindicado em casos de suplementação ou consumo frequente e pesado de cálcio, pois ele pode interagir de forma ruim com o zinco e acabar prejudicando seus benefícios.

Deixe seu relato – O ZMA Funciona mesmo?

Será que o ZMA funciona mesmo? Qual foi sua experiência com esse suplemento? Conte para nós! Abaixo em nosso espaço para comentários você pode deixar seu relato sobre os resultados para ajudar os próximos leitores a decidirem se vale a pena comprar o ZMA.

Curtir esse artigo? Então ajude a divulgá-lo compartilhando em suas redes sociais e leve informações atuais para seus amigos, para que eles não cometam erros na hora de tomar esse suplemento, o ZMA.

Compartilhe
Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também

2 Comentários

  1. EDUARDO MANGANO 30 de março de 2019

    Completei 70 anos em fevereiro, pelo que li acima não devo tomar o ZMA?
    Faço academia todos os dias por 1:30 hs.

    Responder
    1. Equipe Grande Atleta 8 de abril de 2019

      É recomendado consultar seu médico antes de iniciar o uso, para ver se você está apo e sem tem necessidade de tomar.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *