Escreva para pesquisar...

Treino de Abdômen

Abdominal Hipopressivo: O que é, como fazer e benefícios

Veja como fazer corretamente o abdominal hipopressivo e quais as variações indicadas para ir evoluindo e tendo resultados.

Conseguir um abdômen definido e torneado é um dos maiores desejos na musculação, seja pela população feminina ou masculina.

Sendo assim, existem diversos exercícios que podem auxiliar no fortalecimento dos músculos abdominais.

Um dos exercícios utilizados para trabalhar e fortalecer esta região é o abdominal hipopressivo, também conhecido como Stomach Vacuum, o qual não é muito conhecido por diversos praticantes de musculação.

Dessa forma, neste artigo será abordado e esclarecido como funciona este exercício, quais músculos são trabalhados, seus benefícios, execução, suas variações, cuidados e contraindicações, assim como dicas de potencializar o exercício.

Músculos trabalhados no Abdominal Hipopressivo

O principal músculo trabalhado durante o abdominal hipopressivo é o transverso abdominal.

A função deste músculo é proteger a região lombar, assim como aumentar a pressão intra abdominal e funcionar como um “cinto” mantendo as vísceras comprimidas.

3 Grandes Benefícios

O abdominal hipopressivo pode trazer benefícios a quem o pratica, como por exemplo:

1° Proteção a coluna vertebral

Ao fortalecer o transverso do abdômen há maior pressão intra-abdominal, o que diminui a compressão dos discos intervertebrais, sendo importante para evitar lesões na coluna.

2° Diminuição da circunferência da cintura

Com o músculo mais forte, este pode atuar melhor mantendo as vísceras mais comprimidas na região abdominal, diminuindo assim a circunferência da região.

3° Auxilia na diminuição das dores nas costas

O abdominal hipopressivo também auxilia na melhora da estabilidade da região lombar.

O transverso abdominal, que é trabalhado no abdominal hipopressivo, se contrai antes da realização dos movimentos, o que contribui para a estabilidade da região lombar e assim evita dores nesta área.

Execução Correta

Efetuar de forma adequada o exercício é muito importante para poder ter melhores resultados e obter os benefícios que este pode trazer, sendo assim abaixo será mostrada a maneira correta de executar o abdominal hipopressivo.

1. De pé, inspirar trazendo o abdômen para dentro, como se fosse trazer o umbigo em direção as costas.

2. Segurar nesta posição o abdômen por uns 15 segundos.

3. Voltar a respiração normal, tomando um intervalo entre as séries.

Variações do abdominal hipopressivo

Existem outras variações do abdominal hipopressivo que podem ser utilizadas também, como por exemplo:

1° Abdominal hipopressivo quatro apoios

Nesta versão do exercício, a qual é executada em posição 4 apoios tem um maior nível de dificuldade em relação ao feito em pé, sendo também uma opção para quem queira intensificar o exercício.

2° Abdominal hipopressivo deitado

Outra opção para efetuar este tipo de abdominal é fazê-lo deitado no solo, em decúbito dorsal (barriga para cima).

3° Abdominal hipopressivo sentado

Nesta variação é possível efetuar o abdominal hipopressivo sentado no solo ou em uma cadeira.

Cuidados e contraindicações

Apesar dos benefícios que o abdominal hipopressivo pode proporcionar é importante ressaltar que é preciso ter cuidado em algumas situações para não comprometer o bem-estar e qualidade de vida de nenhum praticante.

A principal contraindicação contra este exercício é para gestantes, pois não é indicado que realizem este tipo de exercício, porque pode aumentar a contração uterina.

Este fato pode diminuir também o nível de oxigênio no feto (hipóxia), o que pode comprometer a saúde da criança.

Por isso, é preciso antes de tudo, procurar um profissional de Educação Física antes de iniciar qualquer programa de treino, pois é preciso avaliar as condições de cada pessoa para poder prescrever um treino seguro e eficiente e que respeite as limitações de cada indivíduo.

Dicas para potencializar o exercício

Para que o exercício seja mais eficiente é preciso estar atento a alguns detalhes e assim maximizar os benefícios que este pode proporcionar.

Sendo assim, para potencializar este exercício é necessário prestar atenção a estas dicas:

  • Focar sempre na técnica do exercício

Em primeiro lugar, para que um exercício possa ter maior efetividade é importante que este seja realizado com a técnica correta.

Portanto, este deve ser realizado buscando a execução adequada e focado em trabalhar o músculo alvo.

  • Ir progredindo gradualmente

Para poder ir evoluindo e ter melhores resultados é importante ir gradualmente progredindo e aumentando o grau de dificuldade do exercício.

A medida que se ganha condicionamento, o corpo se acostuma com o treino e precisa de maior estímulo para produzir resultados, dessa forma aumentar a sobrecarga é necessário para obter uma melhor resposta com o treino.

Concluindo

O abdominal hipopressivo é um exercício que pode ser utilizado para fortalecer o abdômen e diminuir as dores nas costas, além de poder auxiliar na diminuição da circunferência abdominal.

Porém, é importante lembrar sempre que esta redução de circunferência acontece pelo fortalecimento da parede abdominal que se torna mais forte e “segura as vísceras”, mas sua função não é diminuir a gordura abdominal.

Sendo assim, para ter melhores resultados é importante um programa de treinamento adequado ao perfil e necessidade de cada indivíduo.

Por isso, antes de iniciar qualquer rotina de treino é necessário consultar um profissional de Educação Física e assim obter um planejamento de treino mais seguro e eficiente.

Bons treinos!

Victor Hugo R. F. de Oliveira

Profissional de Educação Física formado em licenciatura pela UNIME e Bacharel pela FSBA. CREF: 010586-G/BA

  • 1

Você pode gostar também:

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *