O picolinato de cromo é um suplemento vendido em comprimido ou cápsulas para auxiliar no tratamento da diabetes e diminuir a resistência insulínica.

Creatina monohidratada Grande Atleta Suplementos

Dessa forma, possui como principal composto na fórmula o ácido picolínico que se junta ao cromo e conseguem em conjunto, promover a regulagem da glicose no sangue.

Além disso, este suplemento melhora o funcionamento das células pancreáticas, provocando uma adequada produção de insulina.

De acordo com alguns estudos, o picolinato de cromo também pode ajudar no controle do apetite e evitar a compulsão alimentar.

Em outras palavras, consegue contribuir para a manutenção e controle do peso, desde que esteja alinhado a uma dieta equilibrada em calorias e a prática de exercícios físicos.

Qual o melhor picolinato de cromo?

Em nossa loja você pode encontrar 2 suplementos para emagrecer que contém o picolinato de cromo.  O Morosil com cromo e o Viper cut, um dos melhores combo de emagrecimento natural. Para saber mais, clique no banner abaixo:

Viper Cut Spirulina Psullium

O que é cromo?

O picolinato de cromo é um tipo de mineral essencial encontrado em menores quantidades nos alimentos. Ele está cada vez mais conhecido por agir no controle e na perda de peso.

O mineral age na redução da gordura corporal, assim como aumenta a massa magra. Graças aos cromo, o picolinato pode ajudar nas questões relacionadas à insulina, especialmente em quem ingere glicose excessivamente.

A manutenção da insulina desencadeia uma série de benefícios tanto estéticos quanto saudáveis para o corpo.

Funções Do Picolinato de Cromo

Os sais minerais trabalham muito bem com as vitaminas. Eles não conseguem ser produzidos pelo nosso corpo, por isso precisam ser ingeridos e podem ser encontrados nos alimentos.

Os minerais ajudam o sistema imunológico, a estrutura óssea e muscular, a saúde sanguínea, o crescimento e desenvolvimento da musculatura, entre outros.

Eles ainda previnem doenças e proporcionam um bom funcionamento dos sistemas do organismo.

O cromo é um desses minerais, tendo como foco principal o auxílio à insulina (hormônio produzido pelo pâncreas e responsável por metabolizar o açúcar no sangue).

Morosil Picolinato de cromo

Nosso corpo precisa obtê-lo para as suas funções essenciais, seja através de dietas ou suplementos para emagrecer.

O organismo costuma absorver muito bem o picolinato de cromo. Por isso ele é considerado uma boa fonte para se adquirir os benefícios do mineral, como a perda de peso. Saiba mais sobre ele a seguir!

Para que serve o picolinato de cromo?

Antes de tudo, é importante que você saiba que o picolinato de cromo só deve ser consumido mediante prescrição médica ou nutricional.

Estes profissionais são os mais habilitados para definir a dosagem diária e o tempo de uso do suplemento.

De maneira geral, o picolinato de cromo é indicado para reverter qualquer caso de deficiência de cromo, verificada em exames.

Em diabéticos, é usado como auxílio secundário no tratamento da Diabetes, mas não deve ser substituído pelos medicamentos de referência.

Além disso, alguns estudos científicos apontam outros benefícios da suplementação de picolinato de cromo como:

  • Redução das taxas de colesterol
  • Prevenção de doenças cardíacas
  • Redução da fome e compulsão por comida
  • Melhora no metabolismo dos lipídeos
  • Aumento da massa muscular

Entretanto, esses benefícios estão em investigação e ainda necessitam de mais estudos para serem confirmados oficialmente.

Quais são os benefícios comprovados?

Entre os benefícios com resultados mais comprovados, podemos mencionar:

1- Redução da glicemia

A explicação para o fato do picolinato de cromo contribuir na redução da glicemia está no fato de que o suplemento provoca uma melhora na ação da insulina.

Na prática, quer dizer que a insulina começa a ser melhor utilizada no corpo, provocando um uso mais eficiente da glicose disponível na corrente sanguínea.

Este benefício é importante para todos os pacientes diabéticos, que em geral, tem uma grande dificuldade para controlar a glicose no dia a dia.

2- Melhora no funcionamento do pâncreas

O pâncreas é o órgão que produz a insulina. Quando o paciente é diagnosticado com diabetes significa que o funcionamento do órgão está comprometido ou inexistente.

Nesse sentido, a diabetes tipo 2 é a versão da doença em que a produção de insulina existe, mas em menor quantidade.

Um dos motivos que provoca esta alteração é a incorreta nutrição. Logo, a deficiência de cromo pode estar associada a piora no funcionamento deste órgão.

Isso significa que o picolinato de cromo pode ser usado para melhorar as funções do pâncreas e contribuir para a melhora na qualidade de vida dos pacientes diabéticos.

3- Emagrecimento

Outro benefício comprovado deste suplemento é a sua relação direta no emagrecimento. Como o picolinato de cromo potencializa a ação da insulina, o hormônio consegue utilizar melhor as moléculas de carboidrato e gorduras.

Dessa forma, diminui-se as chances de acúmulo desses nutrientes na forma de gordura, reduzindo assim a quantidade de tecido adiposo.

Por sua vez, quanto menor o volume de tecido adiposo, mais fácil torna-se a manutenção do peso.

4- Diminui a compulsão por doces

Outro desafio diário dos diabéticos é controlar a vontade de comer doces e alimentos ricos em açúcar.

No entanto, o picolinato de cromo é um aliado neste quesito, já que ele evita a descompensação diabética.

Em outras palavras, o fato de conseguir controlar a quantidade de glicose e insulina no sangue faz com que o picolinato de cromo diminua a vontade de comer doces, principalmente no período noturno.

5- Redução dos triglicérides e das taxas de colesterol

A suplementação de cromo pode ser útil na redução da absorção de gorduras como o LDL (colesterol ruim) e os triglicérides (gorduras provenientes do metabolismo dos carboidratos).

Este benefício acontece devido a capacidade do cromo em estimular a síntese de ácidos graxos e melhorar o metabolismo lipídico.

Neste caso, os resultados são melhor utilização do colesterol LDL, o que contribui para um menor depósito nas artérias e veias.

6- Aumento da massa muscular

Um dos benefícios menos conhecidos do picolinato de cromo é que ele é eficiente para aumentar a massa muscular.

Tudo acontece devido a melhora na absorção de proteínas no trato gastrointestinal que ele proporciona, permitindo que os aminoácidos sejam melhor utilizados após as sessões de exercícios físicos.

Todavia, a hipertrofia acontece logo em seguida, já que os aminoácidos são os mais importantes na síntese proteica das células musculares.

O Picolinato de cromo emagrece mesmo?

Alguns estudos sobre a suplementação do picolinato de cromo mostraram que existem sim vantagens dele para a perda de peso.

Foi verificado que consumi-lo pode gerar perda de mais ou menos 1 quilo da gordura corporal. Apesar disso, por enquanto nenhuma pesquisa evidenciou que o picolinato emagrece sem dieta saudável e a prática regular de exercícios físicos.

Um estudo publicado no “International Journal of Sport Nutrition” (Jornal Internacional da Nutrição Esportiva) testou o suplemento em jogadores de futebol, durante um período de 9 semanas.

Os quesitos analisados foram força, massa muscular e gordura corporal. Ao fim da pesquisa, nenhuma alteração realmente significativa foi notada na composição corpórea ou no desempenho físico nos treinos desses atletas.

Entretanto, vale mencionar que outro estudos feitos com animais realmente mostraram resultados positivos e significativos com relação à perda de peso e a ganho da massa muscular.

para que serve e benefícios do picolinato
Como usar o picolinato de cromo?

Quais são as fontes naturais do picolinato de cromo?

É possível encontrar o mineral de forma natural em diversos alimentos. O problema é que as quantidades achadas neles não são tão significativas assim, pois passam pelos processos industriais e da agricultura.

De qualquer forma, é sempre bom adicionar (com moderação) os seguintes alimentos em sua dieta:

  • Fígado bovino e de frango;
  • Vinho tinto;
  • Maçã (com casca);
  • Levedo de cerveja;
  • Brócolis;
  • Queijo;
  • Nozes;
  • Ameixa;
  • Cereais integrais;
  • Mariscos;
  • Espinafre;
  • Peixes;
  • Cogumelo;
  • Verduras;
  • Laticínios;
  • Gema de ovo;
  • Carne vermelha e de frango;
  • Gérmen de trigo

Lembre-se de que comidas com níveis de sacarose e frutose muito altos devem ser evitadas.

Quem pode tomar o suplemento?

Como é de se esperar, as pessoas que devem tomar o picolinato de cromo na forma de suplemento são aquelas que desejam obter algum dos seus benefícios:

  • Praticantes de atividade física
  • Atletas
  • Diabéticos
  • Pessoas com síndrome metabólica
  • Indivíduos que precisam reduzir os níveis de colesterol e triglicérides
  • Pessoas em busca de emagrecimento
  • Diagnóstico de deficiência nutricional de cromo verificada em exames

Como tomar

O uso de picolinato de cromo deve ser feito uma vez ao dia, com a ajuda de um copo d’água. O melhor horário para tomar é antes do almoço ou jantar.

Em geral, 1 cápsula por dia é o suficiente para obter os benefícios relacionados ao uso. Contudo, deve-se evitar o excesso das cápsulas do suplemento.

Diferente de outros minerais, o picolinato de cromo tem uma recomendação dietética bem pequena, medida em mcg e não em mg, como a maioria dos suplementos.

Dessa forma, a quantidade mínima é de 50 mcg diariamente, e a quantidade máxima, 1000 mcg. A maioria dos suplementos contém entre 300 a 500 mcg.

É importante saber que a dosagem diária prescrita pode ser maior ou menor que as informações deste artigo, já que os médicos e nutricionistas possuem abordagens distintas nas consultas.

Contraindicações e Efeitos Colaterais

como tomar e efeitos colaterais contraindicações

O picolinato de cromo é proibido para crianças menores de 12 anos e pacientes diagnosticados com insuficiência renal.

Além disso, não pode ser usado por indivíduos que possuem doenças no fígado, hipertireoidismo e hipotireoidismo.

O mesmo é válido para aqueles que fazem o uso de medicamentos corticóides como a  prednisona, beclometasona ou prednisolona.

É desaconselhável usar picolinato de cromo durante a gestação, pois não existem estudos conclusivos sobre o impacto do suplemento na saúde do feto.

Por fim, caso você apresente alergia ao cromo ou ao ácido picolínico, deve suspender o uso imediatamente.

Com relação aos efeitos colaterais, o excesso de picolinato de cromo pode causar:

  • Dor de cabeça
  • Insônia
  • Náusea
  • Vômito
  • Dores no estômago
  • Anemia
  • Problemas hepáticos

No entanto, esses sintomas são pouco frequentes na maioria das pessoas e só ocorrem após doses cavalares.

Caso você seja um paciente diabético (a) e queira começar a usar o suplemento para controlar os níveis de glicose, o médico responsável deve ser consultado antes.

Esta informação é relevante porque o uso sem supervisão em diabéticos pode provocar hipoglicemia, que pode gerar crises de convulsão e confusão mental.

Apesar de ser um mineral benéfico, o suplemento de picolinato de cromo não deve ser utilizado por muito tempo. Normalmente o período indicado para o consumo é de 3 a 6 meses no máximo.

Existem certas pesquisas que mostraram alguns efeitos colaterais na ingestão da substância.

Entre os principais efeitos colaterais do picolinato, podemos listar:

  • Náuseas e mal-estar;
  • Dores de cabeça;
  • Hematomas;
  • Insônia;
  • Perda de apetite;
  • Bolhas na pele;
  • Sono inquieto.

Um outro efeito secundário negativo bastante registrado é o mau funcionamento dos rins e do fígado, que podem ocasionar problemas relacionados à insuficiência renal, por exemplo.

Além disso, distúrbios hepáticos e anemia também não são incomuns.

Lembrando que esses efeitos piores normalmente acontecem porque o usuário ingeriu uma dosagem muito além da recomendada.

Esses sintomas são pouco frequentes na maioria das pessoas e só ocorrem após doses cavalares.

Caso você seja um paciente diabético (a) e queira começar a usar o suplemento para controlar os níveis de glicose, o médico responsável deve ser consultado antes.

Esta informação é relevante porque o uso sem supervisão em diabéticos pode provocar hipoglicemia, que pode gerar crises de convulsão e confusão mental.

Referências:
Maret W. Chromium Supplementation in Human Health, Metabolic Syndrome, and Diabetes. Met Ions Life Sci. 2019 Jan 14;19:/books/9783110527872/9783110527872-015/9783110527872-015.xml. doi: 10.1515/9783110527872-015. PMID: 30855110.

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional. CRN9 22289-MG. Atende em consultório particular na cidade de São Lourenço, MG e no Brasil de forma online. Colunista em blogs e sites especializados na área de alimentação, saúde e nutrição.

Deixe um comentário