fbpx

Escreva para pesquisar...

Dicas de Treinos

Os 15 erros mais comuns na musculação que podem estar atrapalhando seus resultados

Seus resultados na musculação diminuíram ou estagnaram? Veja agora alguns erros bem comuns de acontecer que interferem diretamente nos seus ganhos de massa muscular.

erros na musculação resultadosAo entrar na academia muitos praticantes tem como objetivo conquistar o corpo tão sonhado por muitos. Porém não sai como planejado no início e gera um descontentamento e frustração.

A musculação requer foco, paciência e inteligência, tanto na hora de programar, quanto para executar os exercícios. A empolgação por resultados leva jovens e experientes praticantes a cometer muitos erros.

Os erros no treinamento além de comprometer os resultados também podem comprometer a integridade física do praticante gerando uma lesão.

Para conseguir os tão sonhados resultados e manter-se longe de qualquer lesão que possa te afastar da sala de musculação, serão citados os 15 maiores erros dos praticantes de musculação.

Leia Mais:

21 Dicas de Treino para Hipertrofia – Tenha resultados na Musculação!

15 Erros comuns que interferem nos seus resultados de hipertrofia

1. Treinar o “ego” e não os músculos

Quem nunca se deparou com a cena de um praticante de musculação carregando muito peso, porém com uma péssima execução?

Ao realizar os exercícios, o principal objetivo é estimular a musculatura para que esta possa se desenvolver, mas nas salas de musculação é uma competição por quem carrega mais peso.

Toda vez que for treinar deixe o ego do lado de fora da academia e concentre-se em cada série e repetição do seu treino e verá como a produtividade do seu treino aumentará drasticamente.

2. Não tentar progredir a cada sessão

Para que o corpo sofra a adaptação fisiológica com os treinos, neste caso a hipertrofia, necessita constantemente de estímulos variados.

Ao realizar sempre o mesmo treino com o mesmo número de repetições, carga, número de séries e carga, o corpo não receberá o estímulo necessário.

Uma progressão da sobrecarga de maneira controlada é necessária para a constante evolução. Ao aumentar o número de repetições mantendo a carga ou diminuindo um pouco o tempo de descanso já é capaz de gerar uma pequena sobrecarga.

3. Não ser consistente

Um dos grandes erros e que mais afetam os aspirantes no mundo musculação é a falta de consistência, sendo a rotina ou por qualquer outro motivo o culpado por isto.

Treinar por trinta minutos por três vezes na semana consistentemente, é muito mais produtivo do que treinar uma semana todos os dias e na outra apenas frequentar a academia uma vez.

Cada sessão de treinamento é como um degrau na escada rumo aos seus objetivos.

4. Treinar demais

Muitas pessoas ávidas por resultados mais rápidos acreditam que enquanto mais treinarem, maiores serão os resultados.

Ao realizar treinos cada vez mais exaustivos sem o devido descanso aumenta o risco de overtraining. O excesso de treinamento ao invés de contribuir, atrapalha os resultados do treinamento.

5. Uso excessivo de técnicas de alta intensidade

Drop-set, bi-set, rest-pause ou outros métodos tem seu lugar no treinamento. O uso destas técnicas deve ser planejado e não devem ser usadas constantemente.

A progressão da sobrecarga deve ser o objetivo do praticante de musculação. As técnicas avançadas têm o papel de dar um “choque” na musculatura e mal planejadas acabam facilitando o overtraining.

6. Querer copiar o treino de fisiculturistas

Ter uma base de como treinam os atletas é sempre bom para aprender algumas técnicas novas, porém copiar seus treinos é um grande erro.

Atletas profissionais de fisiculturismo são pessoas que a sua rotina é totalmente voltada para a musculação, fator que já os difere de grande parte da população praticante de musculação nas academias.

7. Ficar se comparando as outras pessoas

Todos nós somos únicos geneticamente por isso temos necessidades diferentes. Querer ter os mesmos resultados que outras pessoas é outro erro.

Sempre haverá pessoas mais fortes, assim como haverá outras mais fracas que você. Ao entrar na academia concentre-se em seu treino e em sua evolução.

Se comparar a outros praticantes pode gerar desmotivação e frustração, ao ver pessoas tendo melhores resultados que os seus na academia.

8. Ficar “inventando” na academia

corrigindo os erros para voltar a ter resultados

Seguir a orientação de um profissional e ter conhecimentos básicos sobre a musculação, é fundamental para continuar tendo resultados. Estamos aqui para te ajudar com isso!

A mudança de estímulos é sim necessária para gerar melhores resultados, porém para a melhor segurança, mantenha-se no básico.

A maioria das idéias novas e que prometem resultados mirabolantes não tem comprovação científica e em certas circunstancias podem até colocar em risco a saúde dos seus praticantes.

9. Projetar resultados inatingíveis

Sempre existem os praticantes que tem expectativas muito irreais a respeito da musculação. Alguns acham, por exemplo, que conseguirão dez quilos de massa muscular em poucos meses.

Ao projetar resultados inatingíveis muitos praticantes ficam frustrados e desmotivados com a musculação e alguns chegam a desistir de treinar, pois acreditam que nunca terão seus almejados resultados.

10. Não se alimentar corretamente

Talvez o maior erro da maioria que não está conseguindo resultados, seja daqueles que querem diminuir o percentual de gordura ou ganhar massa muscular.

O treino sem dúvida tem sua importância para gerar os estímulos necessários para a hipertrofia, porém é a dieta tem papel fundamental na hora dos tão sonhados resultados.

A partir de uma boa alimentação, o corpo terá nutrientes necessários para as suas ações vitais, como também para a construção de massa muscular.

11. Não dormir o suficiente

Outro erro que junto com o da dieta limita muito os resultados. Durante o sono são liberados importantes hormônios como a testosterona e GH (hormônio do crescimento).

A falta de um sono de qualidade (Siba como a Melatonina pode melhora o seu sono) atrapalha na recuperação, a qual é essencial para que ocorra um processo chamado supercompensação, dessa forma o corpo se adapta aos estímulos gerando os resultados.

12. Não beber água suficiente

O corpo humano é composto em grande parte por água e a maior parte das funções realizadas pelo nosso organismo ocorrem na presença da água.

Ao não consumir a quantidade ideal, intensidade do treino diminui e como conseqüência o corpo não tem o estímulo necessário para gerar os resultados almejados.

13. Nunca realizar aquecimento

Antes de qualquer atividade física, o aquecimento é necessário, pois além de ajudar a prevenir lesões também prepara o corpo para o treino.

O aquecimento pode ser feito com uma caminhada de cinco a dez minutos antes do treino e também executando uma ou duas séries com cargas mais leves para preparar músculos, tendões e articulações para a carga que serão expostos.

14. Falta de paciência

A construção do tão almejado físico não acontece da noite para o dia. Os resultados virão, porém é necessário dar tempo para que aconteçam.

Muitos praticantes na pressa por resultados terminam por acreditar que nunca lograrão ter resultados expressivos.

No momento de frustração e querendo resultados mais rápidos, algumas pessoas se submetem ao uso de anabolizantes, o que é extremamente prejudicial à saúde e pode levar a morte.

Esse é um erro muito comum de acontecer com os novatos na musculação, a falta de paciência em conjunto com a pouca experiência e ausência de conhecimentos suficientes para mudar o cenário, acham que podem acelerar um processo que é lento, com o uso de esteroides anabolizantes.

15. Não consultar um profissional de educação Física

Converse sempre com o seu professor, ele é o profissional habilitado a prescrever e orientar o treino da maneira mas segura e eficaz.

Esclareça suas dúvidas e comente sobre o treino com ele para dessa forma conseguir extrair o máximo de cada sessão de treinamento.

Se você se identificou com alguns dos erros acima saiba que é normal e você não está sozinho. A musculação é uma atividade que requer planejamento inteligente e também paciência.

Ao perceber que sua evolução estagnou, veja se não está cometendo nenhum dos erros acima.

Agora que você já conhece os erros mais comuns da musculação é hora de se preparar, treinar e esperar que os tão sonhados resultados sejam conquistados.

Esse artigo foi útil para você? Ajude a divulgá-lo compartilhando em suas redes sociais, para que seus amigos não cometam esses erros na musculação também!


Veja também nossos artigos mais acessados:

Whey Protein – Você precisa ler isso!

BCAA – Para que serve e benefícios

Creatina – Qual a melhor? Veja lista

Termogênico – Saiba tudo!

Tribulus Terrestris – Veja 10 Benefícios [REVELADOS]

L Carnitina Emagrece? Funciona mesmo? [ATUALIZADO]

Melatonina – O que é, para que serve [ATUALIZADO]

ZMA – O que é e para que serve [TUDO REVELADO]

Glutamina – O que é e para que serve [Veja 11 Benefícios]

Suplementos Alimentares: O que são e para que servem

Orlistat – O que é e para que serve [ATUALIZADO]

Treino de Musculação para Hipertrofia – [21 DICAS]

Maca Peruana: O que é, Para que Serve, Benefícios e Como tomar


Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *