Escreva para pesquisar...

Saúde

Maca Peruana: O que é, Para que Serve, Benefícios e Como tomar

A maca peruana possui uma infinidade de vitaminas e nutrientes que além de proporcionar benefícios para saúde, ainda possui poder afrodisíaco. Veja agora!

maca peruanaExistem muitas plantas que antigamente eram utilizadas apenas pelos povos nativos de seu local de cultivo, mas que agora estão sendo usadas tanto pela medicina quanto pela indústria graças às suas vantagens  para o nosso organismo.

A maca peruana faz parte desse grupo de plantas. Você já pode ter ouvido falar dela por outro nome: ginseng peruano.

Ela já era usada como erva medicinal há milhares de anos pela civilização Inca.

Entenda mais sobre seus benefícios, como ela funciona, como utilizá-la, quais efeitos possui e muitas outras coisas importantes para você aprender antes de começar a consumi-la!

O que é?

A maca peruana (nome científico Lepidium meyenii) tem suas origens traçadas até as Cordilheiras dos Andes, onde era bem utilizada pelos povos Incas.

Por ser um tipo de tubérculo, sua aparência faz lembrar uma mistura de rabanete com batata.

Para que serve a Maca Peruana?

Ela vem sendo bem consumida porque possui muitos nutrientes e vitaminas essenciais a nossa saúde, como: zinco, potássio, magnésio, ferro, cálcio, entre outros.

Ela também contém proteínas, fibras e carboidratos.

Sua ação antioxidante vem sendo estudada e comprovada por especialistas.

Ela ainda é relacionada à manutenção e equilíbrio hormonal porque libera substâncias que impulsionam uma produção de hormônios regular e adequada.

Normalmente os suplementos feitos da raiz são em pó ou em cápsulas.

Qual é a sua composição?

A maca peruana possui propriedades nutricionais poderosas. Conheça mais sobre alguns dos seus principais componentes a seguir:

  • Ômega 3: auxilia na memória, previne problemas cardiovasculares e fortalece o sistema imunológico;
  • Ômega 9: ajuda na produção de hormônios sexuais e facilita o transporte de vitaminas pelo organismo;
  • Vitaminas do complexo B: renovam as células, proporcionam energia e mantém a saúde dos cabelos, da pele  e do intestino;
  • Vitamina C: previne resfriados, reforça o sistema imunológico e é um forte antioxidante;
  • Vitamina E: regula o colesterol, além de beneficiar a pele e o sistema capilar;
  • Zinco: vantajoso para a saúde reprodutiva, neurológica, óssea, entre outros;
  • Cálcio: fortalece a estrutura óssea e beneficia a arcada dentária;
  • Ferro: ajuda os glóbulos vermelhos e previne doenças sanguíneas, como a anemia;
  • Fibras: auxilia bastante o sistema digestivo, evitando, por exemplo, a constipação;
  • Potássio: age na manutenção celular e na saúde dos tecidos musculares;
  • Magnésio: transporta energia, atua nas atividades musculares e na produção de proteínas;
  • Fósforo: ótimo para a estrutura óssea, muscular e digestiva.

Quais são seus benefícios da maca?

Entre os principais benefícios observados no consumo da maca peruana, podemos citar:

1 – Prevenção a diabetes

Por ser rica em fibras, a maca peruana é capaz de diminuir a velocidade da absorção de glicose (açúcar) pelo organismo.

Dessa forma, os níveis de insulina continuam regulados mesmo após a ingestão de alimentos açucarados, como os carboidratos.

Isso é muito bom para quem suspeita que pode desenvolver diabetes no futuro devido à hereditariedade ou a hábitos pouco saudáveis. É importante que a corrente sanguínea tenha apenas os níveis adequados de açúcar.

2 – Poder afrodisíaco

Alguns estudos realizados com homens de idade entre 24 e 44 anos em um período de 4 meses mostraram que a planta aumentou a produção de sêmen e ainda melhorou a motilidade espermática (movimentação dos espermatozoides).

Além disso, a maca peruana também diminuiu a fadiga, a ansiedade e o estresse, que são fatores que podem provocar a impotência sexual.

3 – Auxílio à menopausa

Diferente de alguns medicamentos para tratamento da menopausa que causam efeitos colaterais drásticos, a maca peruana é capaz de conter as ondas de calor sem prejudicar o organismo e bem-estar feminino.

4 – Perda de peso

Mesmo sendo cheia de carboidratos, a planta ainda consegue auxiliar na perda de peso porque possui muitas fibras e estas proporcionam a sensação de saciedade, ou seja, ao ingerir a maca peruana, você terá menos vontade de comer alimentos gordurosos e calóricos.

Vale lembrar que apenas consumir suplementos de maca peruana não é o suficiente para resultados eficazes. O ideal é praticar exercícios físicos frequentes e aderir a uma dieta alimentar saudável sob a orientação de um profissional.

5 – Prevenção contra doenças cardiovasculares

Este benefício ocorre principalmente graças ao ômega 3 presente entre os componentes da maca peruana.

Ele consegue dilatar os vasos sanguíneos, o que diminui a pressão arterial, baixa os níveis de LDL (colesterol ruim) e aumenta os de HDL (colesterol bom).

Isso ajuda a prevenir placas e entupimentos arteriais, que podem causar doenças fatais, como ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais, também conhecidos como AVCs.

6 – Fortalece o sistema imunológico

A maca peruana é um vegetal adaptógeno. Isso quer dizer que ela se adapta a condições ambientais adversas. Ao ser ingerida, ela faz o mesmo pelo nosso organismo. Ele fica mais forte e resistente contra possíveis ameaças.

Por esta razão, o suplemento chegou a ser recomendado até para tratar a Síndrome da Fadiga Crônica (doença que causa dores, alterações de sono e exaustão intensa).

7 – Reforça a estrutura óssea

A osteoporose é uma doença muito comum em quem está em alguma idade mais avançada, pois o organismo deixa de produzir substâncias que protegem a estrutura óssea.

Isso acontece principalmente em mulheres passando pela menopausa. Apesar de a maca peruana não ser capaz de tratar a doença em si, ela pode auxiliar bastante em sua prevenção.

Consumir por volta de 1000 mg do suplemento ao dia ajuda a fortalecer os ossos do corpo, pois nessa quantidade existem 150 mg de cálcio – quantidade bem superior ao encontrado no mesmo volume de leite.

8 – Tratamento contra anemia

O suplemento é rico em ferro o qual é um protagonista na saúde do sangue, auxiliando na produção de células vermelhas e permitindo o transporte de oxigênio aos tecidos celulares.

Todas essas funções são essenciais na prevenção e no tratamento da anemia, que se apresenta quando há uma deficiência de ferro no corpo.

Para essa finalidade, a dosagem recomendada para as mulheres é de 15 a 18 mg e para os homens de 8 a 11 mg ao dia.

Como tomar a Maca Peruana?

Não existe um consenso para a dosagem ideal. No entanto, normalmente os especialistas recomendam que se consuma de 500 a 1200 mg por dia. A melhor coisa a se fazer é começar por uma dose mínima e ir aumentando aos poucos.

Lembrando que é muito importante procurar um profissional da saúde antes de iniciar o consumo dos suplementos. Eles podem lhe indicar as dosagens corretas de acordo com suas características e objetivos.

Algumas pessoas preferem consumir a maca peruana através do tubérculo em si ou em pó, adicionando-o em sua alimentação através de pratos diferentes. Você também pode fazer saladas, sopas, vitaminas, sucos, etc.

Só não o use em temperaturas extremas, pois pode haver perda dos valores nutritivos.

Apesar do sabor ser esquisito no começo, ele pode ficar melhor com as misturas corretas e com o passar do tempo, pois seu paladar vai se acostumando.

Quais são os efeitos colaterais?

Até agora não foram observados efeitos colaterais muito sérios ou permanentes. No entanto, é muito importante não exceder a dose máxima indicada ou poderá haver consequências danosas ao organismo.

Por ter propriedades relacionadas a alterações hormonais, a maioria de seus efeitos secundários tem a ver com distúrbios no sistema endócrino (formado por glândulas de hormônios).

Quais são as contraindicações?

Não se engane achando que só que só porque a maca peruana é um ingrediente natural sua suplementação é permita a todos.

A maior contraindicação desse ingrediente é para pessoas que possuem problemas de tireoide (como hipo ou hipertireoidismo). Essas nunca devem iniciar o consumo do suplemento sem antes consultarem um médico.

Mulheres grávidas ou em fase de amamentação também não podem ingerir os suplementos sem orientação profissional, pois não há garantias de que a substância não afetará seu organismo de forma prejudicial.

Indivíduos com doenças ou condições que possam se prejudicar com o estrogênio ou outras alterações hormonais também devem ficar longe da maca peruana até segunda ordem.

Referências:


Veja também nossos artigos mais acessados:

Whey Protein – Você precisa ler isso!

BCAA – Para que serve e benefícios

Creatina – Qual a melhor? Veja lista

Termogênico – Saiba tudo!

Tribulus Terrestris – Veja 10 Benefícios [REVELADOS]

L Carnitina Emagrece? Funciona mesmo? [ATUALIZADO]

Melatonina – O que é, para que serve [ATUALIZADO]

ZMA – O que é e para que serve [TUDO REVELADO]

Glutamina – O que é e para que serve [Veja 11 Benefícios]

Suplementos Alimentares: O que são e para que servem

Orlistat – O que é e para que serve [ATUALIZADO]

Treino de Musculação para Hipertrofia – [21 DICAS]

Maca Peruana: O que é, Para que Serve, Benefícios e Como tomar


Compartilhe
Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *