Escreva para pesquisar...

Nutrição Esportiva

Bulking: o que é, como fazer e diferenças do limpo para o sujo!

Bulking limpo ou sujo? Qual fazer? qual o mais indicado para ectomorfos, endomorfos e mesomorfos? Tire todas as suas dúvidas sobre o bulking nesse guia completo.

Classificado como primeira etapa de ganho de massa muscular, o Bulking é um processo de hipertrofia popular entre fisiculturistas e atletas que objetivam o aumento de massa magra e força muscular.

Por conseguinte, a técnica vem ganhando espaços nas academias e populares que estão em busca do ganho e fortalecimento dos músculos, através da alimentação.

Logo, o Bulking favorece a ingestão do consumo de calorias para acentuar o peso, consequentemente o aumento de massa magra.

Assim, vale destacar que o Bulking é a associação do aumento do consumo de calorias em conjunto com a prática de exercícios físicos para suceder a hipertrofia.

Como funciona?

É primordial manter o conhecimento que o bulking é um estágio determinado para atletas e indivíduos que desejam o aumento de massa muscular.

Logo, neste processo o ganho de peso e a preservação da energia fisiológica são preservados. Ainda mais, é essencial que previamente o desportista mantenha o acompanhamento com profissionais da nutrição e da educação física, a fim de, evitar possíveis lesões e perda de peso.

Para exemplificar, o bulking funciona como a primeira fase do ganho de massa muscular, isto é, contribui para o ganho de massa magra, relacionado ao aumento de ingestão de calorias.

Sendo assim, ocorre refeições ricas em oleaginosas, proteínas e carboidratos complexos como o, arroz e batata-doce para suceder o ganho de massa muscular.

Como fazer Bulking Limpo?

É essencial ressaltar que o bulking é segmentado em duas classificações distintas, nomeados de bulking limpo e bulking sujo.

De modo geral, o bulking limpo favorece a alimentação saudável e continente, assim, priorizando refeições orgânicas e naturais, como também, alimentos funcionais para a hipertrofia.

Além do mais, refeições processadas, gorduras trans e açúcar são substâncias que necessitam ser reduzidas durante o processo de bulking limpo.

Deste modo, alimentos como vegetais, oleaginosas, tal exemplo o azeite e amendoim são priorizados. Bem como, refeições ricas em proteínas e nutrientes que beneficiam a distribuição correta de vitaminas e o fortalecimento do músculo.

Para pessoas que enfrentam dificuldades para o ganho de massa magra, como também, para rápido resultado a suplementação com a indicação de um profissional da saúde pode ser recomendado.

Vantagens do Bulking Limpo?

Para exemplificar, o bulking limpo é recomendada pela acessibilidade e vantagens de manter a dieta habitual, através do aumento do consumo de alimentos saudáveis.

Sendo assim, o processo visa o aumento de massa corporal evitando uma alimentação excessiva em alimentos ultra processados, bem como, favorece a ingestão de proteínas e carboidratos complexos.

Vale destacar que o bulking limpo, facilita a adaptação do treino e alimentação saudável, em conjunto com a distribuição adequada de vitaminas e o ganho de força muscular.

Como também, auxilia no ganho de massa magra, por conseguinte, evitando a queima de energia no organismo. Conservando a massa corporal e facilitando o processo de cutting.

Quais as desvantagens do bulking limpo?

Em resumo, o processo de bulking limpo pode gerar obstáculos para pessoas que ainda não estabeleceram uma rotina e vínculo com uma alimentação equilibrada e exercícios físicos.

Ou seja, o bulking limpo é um método que tem mais adesão para atletas ou pessoas que já treinam alguns anos, pois já estão acostumados por causa da rotina alimentar, a terem restrições de certos alimentos, o que é muito mais difícil para alguém que iniciou agora e tem hábitos alimentares onde está presente vários alimentos de calorias vazias, como fast food, doces, etc.

Ainda que, a técnica não exige uma alimentação extremamente rigorosa se comparada a fase de cutting, o bulking limpo objetiva novos hábitos e uma rotina equilibrada. Sempre, conservando a saúde e bem-estar do indivíduo.

Por esta razão, manter uma nova rotina pode ser uma desvantagem em relação a adesão ao plano, principalmente para aqueles que priorizam uma vida inteira, alimentos congelados e fast food hipercalóricos, como dito agora pouco.

O bulking limpo é recomendado para todos os biotipos/somatotipos, sejam ectomorfos, mesomorfos e endomorfos.

Como fazer bulking sujo?

O bulking sujo é um processo adverso a vida orgânica e a preservação da massa magra, ou seja, durante esta técnica para o ganho rápido de hipertrofia (e muito mais de gordura) o indivíduo aumenta o consumo de refeições padrões, tal exemplo, refrigerantes, fast-foods e açúcar para ganho de peso intenso.

Desta maneira, o atleta alcança o aumento das medidas para iniciar o treino intenso e contínu em busca da hipertrofia. Entretanto, o processo pode ser prejudicial saúde e contraindicado por autoridades de saúde.

Isto é, o bulking sujo facilita a má distribuição de vitaminas e pode gerar obesidade, entre outras complicações comuns de uma alimentação hipercalórica.

Há quem ainda faça um bulking “meio sujo”, alguns ainda chamam também de dieta flexível, onde por exemplo, são realizadas refeições equilibradas, normalmente as principais refeições, e ao longo do dia ou da semana, são consumidos alimentos mais calóricos, como lanches, alguns doces, enfim, dentro desse modelo, tem mais liberdade na refeição para alimentos menos saudáveis, onde contam os macros e incluem se der para encaixar.

Vantagens do bulking sujo?

O ganho de peso intenso em poucas semanas é a maiores vantagens do bulking sujo, ou seja, se você procura o aumento de massa corporal logo no inicio, pois está abaixo do peso, no caso de pessoas magras como os ectomorfos, o bulking sujo pode ser uma alternativa.

No entanto, para manter os resultados aguardados do fisiculturismo e das medidas atletas, é essencial preservar um cronograma e rotina para o cutting.

Vale destacar, que o bulking sujo deve ser acompanhando de um especialista em nutrição, bem como, educadores físicos para reduzir os danos físicos.

O bulking sujo pode não ser uma alternativa positiva para mesomorfos e principalmente para os endomorfos. Clique nos links para ver se não é o seu biotipo.

Desvantagens do bulking sujo?

Em geral, as desvantagens do bulking sujo e os possíveis danos e complicações de uma má alimentação.

Ou seja, aumento dos níveis de açúcar e gordura no corpo pela qualidade dos alimentos ingeridos, são alguns fatores que podem impedir o avanço para o processo de cutting.

Quando ocorre um ganho muito alto de gordura no bulking, na fase de cutting acaba perdendo todos os ganhos de hipertrofia, voltando sempre para fase inicial.

Como iniciar o treino?

É primordial para os resultados do bulking na musculação, elaborar treinos intensos e de acordo com a individualidade da pessoa. Nesse caso, clique aqui e conheça a consultoria online do nosso personal trainer. Na bio do personal Guilherme Jardim tem o contato de whatsapp para contato, informe que chegou através aqui do Portal Grande Atleta, e terá um desconto exclusivo na consultoria!

Voltando ao artigo, estabeleça um cronograma que priorize exercícios aeróbicos em alguns momentos, para poder ter ganhos de hipertrofia durante essa fase, mas controlando também o ganho de gordura, principalmente se está fazendo um bulking sujo, se está em um bulking limpo, o aeróbico para esse caso, não é necessário.

Uma dica importante, é conservar os descansos e manter a hidratação adequada com líquidos para garantir os resultados do bulking na musculação.

Trabalhar as variáveis em uma periodização de treinamento e reduzir grandes jejuns para evitar o catabolismo muscular, também auxiliam no processo.

Esse artigo é apenas informativo e não substitui o acompanhamento profissional.

Se deseja ter uma dieta de acordo com suas necessidades e objetivos na musculação, procure um nutricionista esportivo.

Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também:

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *