Escreva para pesquisar...

Fisiculturismo

Bikini Fitness: O que é, categoria, características e regras

Um guia completo sobre a categoria Bikini Fitness. Conheça seu significado, regras, medidas, principais atletas e dicas de treino e dieta.

Bikini FitnessNo mundo da musculação o público feminino se faz cada vez mais presente, seja por motivo de saúde, melhorar a performance em alguma atividade ou simplesmente estética as mulheres se tornam cada vez mais adeptas da modalidade.

No fisiculturismo não é diferente, com a procura do público, as categorias femininas ganham cada vez mais visibilidade nas principais competições e na principal federação do fisiculturismo mundial.

A IFBB criou em 2002 a categoria bikini fitness, e assim mulheres que buscam competir nos principais concursos de bodybuilding puderam levar a sua dedicação nos treinos aos palcos das competições.

O que é a categoria bikini fitness?

Esta categoria é única para atletas do sexo feminino, e onde se busca a beleza, tanto de corpo, como de rosto e onde as mulheres poderiam ser facilmente modelos de biquíni, por isso o nome da categoria.

Com físicos bem trabalhados, onde se busca a hipertrofia e definição, porém procurando sempre manter os traços femininos e o aspecto saudável, os quais são critérios também julgados nesta categoria.

Características da categoria bikini fitness

Assim como em todas as categorias nas principais competições de fisiculturismo, a bikini, também possui suas regras e padrões de exigência e de avaliação.

Físico atlético

Um corpo bem trabalhado e com o aspecto mais atlético são um dos principais aspectos a serem considerados pelos jurados no momento da avaliação.

Proporcionalidade e simetria

Um físico harmônico, onde os grupos musculares sejam desenvolvidos de maneira proporcional entre eles, é muito importante para os padrões desta categoria.

Hipertrofia mas sem exagero

Um desenvolvimento dos grupos musculares será bem avaliado pelos jurados, mas lembrando se tratar de uma categoria feminina, portanto sem exageros.

Definição

Um baixo percentual de gordura, porém mantendo um aspecto saudável e feminino, conta muitos pontos no momento da avaliação.

Pele bronzeada

Um tom de pele com um bronzeamento saudável será bem considerado pelos jurados, porém não é permitido colorantes ou bronzeamentos artificiais.

Utilização de acessórios no momento do concurso

Saltos e joias, são permitidos no momento da competição, desde que sejam agradáveis e sem exageros.

Saltos plataforma são proibidos e podem levar a desclassificação da atleta que quebrar este regulamento.

Beleza e estética

Cabelos bem cuidados, tom de pele, graciosidade no momento da apresentação e também feminilidade são itens essenciais para uma atleta biquíni fitness.

Subdivisões e subcategorias do biquíni fitness

Para melhor avaliar e promover uma paridade maior entre as atletas, foram criadas subcategorias divididas por altura e idade nas competições.

Segundo a IFBB Rio as subdivisões para a categoria bikini fitness são:

  • Juvenil com idades de 16 a 23 anos

Nesta subcategoria também são divididas as atletas segundo a sua altura sendo assim:

  • Até 160 cm de altura.

Entre 161 cm a 166 cm de altura.

Acima de 166 cm de altura e sem limite máximo.

  • Sênior com idades de 24 a 35 anos

Aqui também temos uma divisão das atletas de acordo com sua estatura, dessa forma a divisão fica da seguinte maneira:

Atletas com estatura até 163 cm.

Atletas acima de 163 cm de altura.

  • Master com idade acima de 35 anos

Nesta subcategoria, não há divisão por estatura das atletas, sendo a idade o único parâmetro para competir.

Principais atletas da categoria bikini fitness

Assim como em todas as categorias, há atletas que se destacam por sua forma física apresentada nas últimas competições e portanto conseguem os lugares mais altos no podium da principal competição do fisiculturismo, o Mr. Olympia.

Estas mulheres alcançaram o top 3 da competição e as citaremos como a principal referência da categoria nestes últimos anos.

Angélica Teixeira

A atleta brasileira foi primeira colocada no Mr. Olympia 2017 na categoria bikini, após já ter conquistado o segundo lugar na edição anterior.

Jennifer Ronzitti

A norte-americana conquistou segundo lugar no Mr. Olympia em 2017, superando sua colocação em 2016 quando conseguiu o quinto lugar.

Romina Basualdo

A atleta da Argentina completou o podium na edição de 2017 no Mr. Olympia. Entre suas principais conquistas encontra-se também o Arnold Classic Europe em 2014, onde se consagrou campeã.

8 Dicas para construir um corpo no padrão bikini fitness

Muitas mulheres, seja por estética ou por vontade de participar de competições desejam ter um físico nos padrões da categoria bikini, para auxiliar com este objetivo listamos algumas dicas para conseguir alcançar esta meta.

1- Treine de maneira intensa

Este é o primeiro passo para alcançar qualquer objetivo na academia, desafiar os músculos por meio de trabalho intenso é a única maneira de conseguir os estímulos necessários para ter melhores resultados.

2- Utilize prioritariamente os exercícios multiarticulares

Agachamento e levantamento terra são exemplos de exercícios que recrutam muitos grupos musculares e são muito importantes no ganho de massa muscular.

3- Não negligencie o treino de membros superiores

Muitas mulheres não gostam de treinar bíceps, tríceps e os outros grupos musculares da região superior.

Para ter um físico da categoria bikini fitness é necessário trabalhar todos os músculos de maneira proporcional, já que a simetria é muito importante nesta categoria.

4- Utilize de técnicas para aumentar a intensidade

No momento certo, utilize de métodos como drop sets e bisets para quebrar platôs e continuar a progredir nos treinos.

5- Mantenha uma dieta equilibrada

Para manter um físico atlético e com um baixo mais baixo é necessário ter uma dieta adequada, isto vale tanto para o período de off season como pré contest.

6- Saiba dosar seus aeróbicos

O treino cardiovascular é importante na saúde do sistema circulatório e coração, assim como também auxilia no processo de emagrecimento.

Adapte bem seu treino aeróbico a sua rotina com a finalidade deste não atrapalhar o seu ganho de massa muscular e também não limitar a sua recuperação após os treinos.

7- Conte com a ajuda de um professor de Educação Física

Ter um acompanhamento de um profissional é essencial para ter resultados mais expressivos e saudáveis.

8- Busque um nutricionista

Montar uma dieta que sirva a seus propósitos e necessidades é trabalho de um nutricionista, o qual planejará sua dieta e te ajudar a obter os melhores resultados com a alimentação.

Concluindo

Obter um físico com um bom volume muscular e definição necessita de um bom treino, assim como de uma alimentação adequada, ainda mais ao buscar competir ou estar nos padrões de uma categoria de fisiculturismo.

Um bom acompanhamento, tanto de um profissional de educação Física, assim como um nutricionista são recomendados para manter um treino e alimentação seguros e que tenham o retorno desejado.

Encarar uma competição ou tentar ter um físico de competição requerem paciência e consistência tanto na parte de treinamento como nutricional.

Tendo a certeza de encarar o mundo das competições, seja sempre disciplinado e se sinta feliz com isso, pois você é um vencedor só por estar lá.

Bons treinos!


Veja também nossos artigos mais acessados:

Whey Protein – Você precisa ler isso!

BCAA – Para que serve e benefícios

Creatina – Qual a melhor? Veja lista

Termogênico – Saiba tudo!

Tribulus Terrestris – Veja 10 Benefícios [REVELADOS]

L Carnitina Emagrece? Funciona mesmo? [ATUALIZADO]

Melatonina – O que é, para que serve [ATUALIZADO]

ZMA – O que é e para que serve [TUDO REVELADO]

Glutamina – O que é e para que serve [Veja 11 Benefícios]

Suplementos Alimentares: O que são e para que servem

Orlistat – O que é e para que serve [ATUALIZADO]

Treino de Musculação para Hipertrofia – [21 DICAS]

Maca Peruana: O que é, Para que Serve, Benefícios e Como tomar


Compartilhe
Equipe Grande Atleta

Nossa equipe está muito bem representada por grandes profissionais ligados a musculação e esportes de alto rendimento. Contamos com Educadores físicos, Nutricionistas Esportivos, Fisioterapeutas e Médicos.

  • 1

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *